3 mil servidores: HCFMB é um dos primeiros hospitais do Estado a receber a vacina do Instituto Butantan

Primeiras doses chegam ao Complexo nesta segunda, 18 – Após a aprovação do uso emergencial da vacina do Instituto Butantan pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, o Governo do Estado de São Paulo anunciou o início do Plano de Imunização contra a COVID-19.

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) está entre os seis primeiros hospitais referência no tratamento de casos graves da COVID-19 do Estado que receberão as primeiras doses da vacina nesta segunda, 18, conforme anunciado em coletiva de imprensa pelo Governador João Doria.

O HCFMB foi selecionado para a fase prioritária da vacinação por ser hospital-escola regional, com maior fluxo de pacientes em suas áreas de atuação. As equipes multiprofissionais do hospital já trabalham com um plano de vacinação que será iniciado ainda nesta semana, e que prioriza a aplicação das primeiras doses aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate a COVID-19. Cerca de 3 mil servidores devem ser vacinados no HC, além dos contratados pelas empresas terceirizadas.

O Superintendente do HCFMB Dr. André Balbi

“Hoje é um dia muito especial para milhões de brasileiros que estão sofrendo com a COVID-19 em hospitais, centros de atendimento e em suas casas. E também aos que estão em quarentena, se protegendo e ajudando a proteger suas famílias. Hoje é o Dia V, o dia da vacina, da vitória, da verdade e da vida. Quero dedicar este dia aos familiares dos 209 mil mortos pela COVID-19”, afirmou o Governador.

O Superintendente do HCFMB Dr. André Balbi afirmou que estar entre os primeiros hospitais a receber a vacina no Brasil é motivo de orgulho e reconhecimento. “Há dez meses não medimos esforços para que o HC continue prestando a melhor assistência aos pacientes com COVID-19. A chegada das vacinas, além de ser um momento histórico, significa esperança. Nada mais justo que os profissionais da saúde sejam reconhecidos e colocados como prioridade”, diz.

Ainda não há previsão do horário de chegada das vacinas ao HC, nem quantas doses o hospital receberá neste momento. Assim que estas informações estiverem disponíveis, divulgaremos previamente.

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments