Abelardo cobra solução para vazamento da Sabesp na Avenida Júlio Vaz de Carvalho

Um vazamento de água da tubulação da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) tem preocupado munícipes residentes na região do Jardim Continental. O problema tem ocorrido na esquina da Avenida Júlio Vaz de Carvalho com a Rua Manoel Sobrinho. O caso foi relatado ao vereador Abelardo (PV), que foi até o local verificar a questão.

De acordo com o parlamentar, o vazamento existe há cerca de duas semanas e meia. “Os moradores afirmam que já entraram em contato com a Sabesp, mas até o momento nenhuma providência foi tomada”, aponta.


Para o vereador, trata-se de um grande problema. “O que está sendo jogado na rua é água tratada, de boa qualidade para o consumo. Quem perde com isso é a própria população e o Meio Ambiente como um todo”, salienta.

Neste contexto, o parlamentar ressalta que irá entrar em contato com a Sabesp, solicitando a solução do problema. “Também irei apresentar requerimento na próxima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Botucatu”, diz.

O documento cobrando a Sabesp em relação às providências sobre o vazamento relatado pelo vereador Abelardo (PV) deve ser apresentado na Sessão Ordinária do dia 23 de maio, caso a empresa de abastecimento não tenha resolvido o problema até o momento. (Da Assessoria de Imprensa/Câmara Municipal de Botucatu)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas