Cultura: abertura de seminário lota Itapeva Clube

Secretário Davidson Panis Kaseker, Ana Luiza Martins e Paulo de La RuaProfessores lotaram as dependências do clube para assistir uma palestra sobre a história da cidade. Durante a abertura do Seminário “História de Itapeva”, os professores da Rede Pública Municipal lotaram o Itapeva Clube para assistir a palestra “Patrimônio Cultural Paulista na Rota dos Tropeiros”, ministrada pela historiadora Ana Luiza Martins. O evento, que teve início nesta terça-feira, organizado pela Secretaria Municipal da Cultura teve como público-alvo os professores da Rede Municipal de Ensino…

especialmente os professores de História e Geografia e também pesquisadores, memorialistas, historiadores, embora estivesse aberto a toda a população.

A palestrante, Ana Luiza Martins, convidada para fazer a abertura do seminário, representa o Departamento de Preservação Histórica da Secretaria do Estado da Cultura. Historiadora de renome, doutora e autora de importantes livros de história, conhece bem nossa região e proferiu uma palestra de grande valia, segundo o Secretário Davidson Panis Kaseker.

Terminada a palestra de abertura do seminário, nossa equipe de reportagem obteve o feedback de algumas pessoas que estiveram prestigiando o evento e também da palestrante:

Ana Luíza Martins (Palestrante): Eu fiquei duplamente feliz. Em primeiro lugar pela iniciativa de uma cidade procurar conhecer sua história através de uma atividade programada, vir pra uma cidade que tem essa visão é muito bom. Em segundo lugar porque esse espaço do Itapeva Clube, que antigamente era o Gabinete de Leitura, foi um dos primeiros espaços que eu estudei no meu mestrado e agora, depois de 20 anos, voltar a esse local e ter a oportunidade de se comunicar com cidadãos de Itapeva absolutamente envolvidos com sua história é muito significativo como técnica de patrimônio e também como estudiosa.

Profª Carla Cassú (ATP de História): Essa palestra foi importante porque a maioria das pessoas que mora em Itapeva não conhece a história da cidade, e para os professores da rede o assunto é ainda mais importante pois esse conhecimento deverá ser trabalhado também na sala de aula. Cabe à Educação mostrar trazer esse conhecimento à geração de hoje.

Braulino de Souza (PEB II – História): Como professor de história achei esse momento brilhante. Lamentavelmente não estavam presentes todos os professores de história neste evento e acredito que palestras como esta deveriam acontecer mais vezes. Um ponto negativo que percebi foi a falta de divulgação pois, se fosse mais divulgado, com certeza mais pessoas se fariam presentes. Vou participar todos os dias do seminário e pretendo levar tudo isso pra sala de aula.

Paulo de la Rua (Presidente da Câmara Municipal de Itapeva): Eu fiquei muito satisfeito e surpreso com a qualidade da palestra proferida pela mestra. Reafirmo que esses temas envolvendo questões culturais relativas ao patrimônio histórico de Itapeva, devem ser levados à rede estudantil e também à população já que a maioria desconhece assuntos desta importância. Os assuntos aqui tratados são importantíssimos e conduzidos por pessoas competentes e precisam ser incentivados pelas autoridades do município de Itapeva.


Andréia Cardoso (PEB I): Acho que é importante que os professores conheçam mais sobre a história da nossa cidade pra que eles possam aprender e assim trabalhar com os alunos, e conseqüentemente valorize-se mais o que temos, preservando lugares, a história do lugar, guardando informações passadas para serem apresentadas no futuro. Por Everton do N. Siqueira, do Jornal A Gazeta Notícias, de Itapeva-SP

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas