Agroecologia: Dia-de-campo reúne mais de 100 pessoas em Avaré

 

Evento envolveu agricultores familiares, docentes, estudantes, consumidores e técnicos da CATI – Recentemente mais de 100 pessoas entre agricultores, técnicos da CATI, estudantes, e produtores assentados participaram do Dia-de-campo sobre agroecologia e produção orgânica em Avaré. O evento aconteceu no final de setembro na Unidade de Adaptação de Tecnologia (UAT) Primus Ranch, do agricultor familiar André Diego Albano, ocasião em que foram abordadas as vantagens da utilização do Sistema PMB – Palha, Muda Alta e Biofertilizante na produção de hortaliças.

Durante a abertura oficial, realizada na sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSP Campus Avaré, o diretor da CATI Regional Avaré, engenheiro agrônomo Eliseu Aires de Melo destacou a importância do projeto por possibilitar a produção de alimentos isentos de resíduos contaminantes, preservar o meio ambiente e ampliar a renda e a qualidade de vida das famílias dos agricultores familiares envolvidos na atividade. “Na atualidade, manter a família no campo é um desafio e, para isso, melhorar a rentabilidade e a qualidade da produção é fundamental. Temos de encontrar soluções para que o pequeno produtor, a mulher e o jovem agricultor continuem na atividade e alcancem novos mercados”, apontou Eliseu.

Na oportunidade, o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, engenheiro agrônomo José Ricardo Cardozo Barreto, representando o prefeito Paulo Dias Novaes Filho, reafirmou a parceria da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento com a CATI Regional Avaré, Instituto Federal e com o Núcleo de Agroecologia. Rico enfatizou a importância da atuação do Núcleo junto aos agricultores, destacando o trabalho dos técnicos da Casa da Agricultura de Avaré. “Sempre iremos apoiar projetos que sejam bons e tenham resultados efetivos aos agricultores familiares avareenses”, ressaltou Rico Barreto.

Em sua fala, o diretor do IFSP Campus Avaré, Sebastião Cruz, destacou as inúmeras parcerias que possui com o município em diversas áreas do conhecimento e salientou os importantes resultados obtidos até agora pelo NEA no projeto que une ensino, pesquisa e extensão rural. O diretor destacou ainda o empenho da coordenadora do Núcleo, professora Raquel Mattana e dos demais docentes e alunos bolsistas que atuam no projeto. “As parcerias com a Prefeitura de Avaré, com a CATI, CNPq e demais instituições apoiadoras dos nossos projetos são fundamentais para que o Instituto cumpra sua função social de oferecer ensino de qualidade, pesquisa com resultados e extensão embasada na realidade local”, salientou o diretor.

Gerson Cardoso, agricultor e presidente do CMDR Avaré, declarou que o evento foi excelente e destacou que a tecnologia apresentada é de fácil utilização pelos agricultores. “A grande vantagem do Sistema PMB é o baixo custo de implantação, sem a necessidade de grandes investimentos em máquinas e equipamentos, reduzindo operações braçais e o consumo de água”, apontou Cardoso.

AGROECOLOGIA e SISTEMA PMB – Após a abertura oficial o engenheiro agrônomo Sérgio Augusto Martins Faria ministrou palestra sobre agroecologia e produção orgânica, descrevendo a formação da rede sociotécnica de apoio ao agricultor familiar e os desafios do Núcleo de Agroecologia de Avaré para inovar com o desenvolvimento de tecnologia de baixo custo, fortalecer os circuitos curtos de produção, comercialização e consumo, garantindo preços justos aos agricultores.

Na seqüência, o engenheiro agrônomo Sérgio Pimenta abordou os fundamentos do Sistema PMB – Palha, Muda Alta e Biofertilizante destacando as vantagens do uso do sistema com destaque para a redução do uso de água na irrigação, recuperação da fertilidade do solo, controle de pragas e doenças, diminuição do trabalho físico e redução do custo de produção.

UAT Primus Ranch – No campo os participantes passaram por quatro (4) estações explicativas, onde puderam tirar dúvidas com os técnicos e com os agricultores familiares sobre a aplicação dos conceitos do Sistema PMB e da agroecologia. Para o agrônomo Sérgio Faria, a possibilidade do contato direto com a produção no campo permitiu aos participantes do dia-de-campo vivenciar as experiências dos agricultores familiares, constatando seus eventuais problemas e as soluções encontradas na atividade. Alunos do curso técnico em agropecuária da ETEC Cerqueira César também participaram do evento e, segundo informações do diretor Henrique Picanço, há intenção de se instalar o Sistema PMB na escola difundir a técnica entre os estudantes. “Fico satisfeito em poder abrir minha propriedade para que outras pessoas tenham a chance de conhecer o que estamos criando aqui em Avaré com este projeto”, declarou o agricultor Miro Albano. (Por Fernando Franco Amorim, biólogo e jornalista da Casa da Agricultura de Avaré (CATI Regional Avaré) – [email protected] )

SERVIÇO – Próximos eventos do Núcleo de Agroecologia no mês de outubro:

29/10/2015 – Palestra e debate sobre agroecologia, segurança alimentar e comércio local
Hora: 19h30
Local: IFSP Campus Avaré
30/10/2015 – Dia-de-campo sobre agroecologia, produção orgânica e turismo rural
Hora: 08h30 às 17h00
Local: IFSP Campus Avaré e UAT Sítio Santo Antonio – Avaré-SP

Compartilhar

Notícias relacionadas