Alckmin anuncia obras de infraestrutura em Tietê

Região ganhará uma nova via, que fará a ligação entre a SP-308 e a SP-191, além de nova ponte sobre o Rio Tietê e duplicação da SP-127. Governador também inaugurou as instalações da delegacia e liberou recursos para o saneamento.

O governador Geraldo Alckmin anunciou neste domingo, 9, durante as comemorações dos 172 anos de emancipação politico-administrativa do município de Tietê, obras de duplicação e implantação de nova ponte sobre o Rio Tietê, na Rodovia Cornélio Pires (SP-127). As ampliações trarão maior segurança e conforto para os 12 mil usuários que trafegam diariamente pelo trecho, além de melhorar o tráfego na região.

“Gostaria de destacar que os recursos para essas obras, que são de R$ 17,7 milhões, são provenientes dos pedágios. A nossa previsão é que até novembro essa duplicação, que será feita entre o km 82 e 83, esteja pronta”, afirmou Alckmin. Os trabalhos possibilitaram a geração de 112 empregos diretos e indiretos.

As obras, viabilizadas pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, estão sendo executadas pela concessionária Rodovias das Colinas sob gerenciamento e fiscalização da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo.
Novas instalações da delegacia

Alckmin também inaugurou as novas instalações da Delegacia de Polícia de Tietê. A reforma e ampliação da Delegacia irão melhorar o atendimento para os mais de 35 mil habitantes da cidade. O investimento na ampliação e modernização do local foi de R$ 530 milhões, sendo R$ 415 milhões do Governo do Estado e o restante da prefeitura.

Agora, a delegacia conta com 26 ambientes, entre salas de cartório, arquivo, registro de flagrantes, delegados e investigadores. O local também passou a contar com itens de acessibilidade como elevador e guias no piso para pessoas com deficiência visual.
Saneamento

Na ocasião, o governador anunciou a liberação de recursos para obras que ampliarão o tratamento de esgotos no município, beneficiando mais de 10 mil habitantes até 2025.
“Tietê será um dos primeiros municípios do Brasil a tornar uma cidade 300%, com 100% de água tratada, 100% de esgoto tratado e 100% de esgoto coletado, uma cidade saudável, afirmou Alckmin.

O município já conta com 40% dos resíduos da malha urbana tratados e aumentará sua capacidade para mais 20%, totalizando 60% de esgoto coletado e tratado. O Governo do Estado vai investir R$ 1,8 milhão nas obras, que serão realizadas pelo DAEE e fazem parte do Programa Água Limpa.

Elas incluem a recuperação de 1.255 metros de emissário de esgotos dentro da malha urbana, e vão retirar aproximadamente 16 toneladas/mês de carga orgânica proveniente do esgoto doméstico que é lançado no ribeirão da Serra, ajudando a revitalizar a Bacia Hidrográfica do rio Tietê. A iniciativa terá também um importante papel como agente de prevenção na saúde, dificultando a disseminação de doenças hídricas.

O Programa Água Limpa foi criado em 2005, por meio de uma ação conjunta da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e Secretaria da Saúde, com o objetivo de implantar sistemas de tratamento de esgotos em municípios com até 50 mil habitantes não atendidos pela SABESP. (Da assessoria de imprensa)

Compartilhar

Notícias relacionadas