Alckmin convoca empresas para assinar contratos da primeira fase de recuperação da Raposo Tavares

(Da assessoria do deputado Ricardo Madalena) O governador Geraldo Alckmin informou, durante reunião com o deputado Ricardo Madalena, o prefeito Lucas Pocay, de Ourinhos, e o secretário de Logística e Transportes, Laurence Casagrande Lourenço, sobre a publicação no Diário Oficial do Estado, neste sábado, da convocação das empresas que darão início às obras de restauração da SP-270, rodovia Raposo Tavares.

A convocação das empresas que se dá pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem) refere-se aos quatro primeiro lotes, que vão do trecho entre os kms 295,4 a 373, e que abrange os municípios de Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes, Canitar e Ourinhos.

As propostas dos consórcios destes quatro primeiros lotes foram analisadas pelos técnicos do DER desde a abertura dos envelopes, que ocorreu em 31 de outubro de 2017. Após a publicação neste sábado, conta-se um prazo de quinze dias para assinatura dos contratos e em seguida dá-se o início das obras.

Para o deputado Ricardo Madalena, presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da SP-270, com a publicação da convocação das empresas no Diário Oficial do Estado “é chegado o momento que todos aguardávamos. Mais uma batalha dessa luta foi vencida, que teve início em 2013, quando eu era superintendente do DNIT/SP. A Nova Raposo vem aí”.

Lote Trecho Vencedor
1 Do Km 295,4 ao Km 329,8 Conter Construções e Comércio S.A
2 Do Km 329,8 ao Km 345,3 Consórcio EJ SP-270 2017
3 Do Km 458,8 ao Km 357,1 Consórcio KVS
4 Do Km 357,1 ao Km 373 S.A Paulista Construções e Comércio
Já a abertura de propostas de preço e documentação para os quatro últimos lotes licitados, no trecho que inclui os municípios de Itapetininga, Angatuba, Campina do Monte Alegre, Paranapanema e Itaí, foi realizada no dia
13/11/2017 e está em fase de análise. A previsão é que a homologação seja realizada em março.

O empreendimento – Em sua totalidade, as obras na SP-270 foram divididas em oito lotes e cobrirão 204 quilômetros da rodovia, localizados entre os municípios de Itapetininga e Ourinhos. Estão previstas a duplicação de 50,4 quilômetros da rodovia, implantação de 118,8 quilômetros de terceiras faixas (em ambos os lados da rodovia), recuperação de 153, 5 quilômetros de pistas simples e acostamentos, e revitalização completa da sinalização. Serão implantados 21 novos dispositivos de acesso e outros 14 dispositivos existentes receberão melhorias e aprimoramentos. Também serão construídas 3 novas passarelas e 1 viaduto.

Compartilhar

Notícias relacionadas