Ana Maria Primavesi, itaiense, “Mãe da agroecologia no Brasil” morre em SP, aos 99 anos

Ana Primavesi morreu em SP na tarde deste domingo (05) e foi sepultada às 16h desta segunda-feira (06) no Cemitério de Congonhas, em São Paulo.

Austríaca de nascimento e brasileira de coração, com passagem por Passos-MG, Santa Maria-RS, Itaberá-SP e finalmente em Itaí-SP onde se radicou e viveu longos 32 anos, a engenheira agrônoma Ana Maria Primavesi tinha completado no dia 03 de outubro, 99 anos de existência e de muito trabalho prestado ao ensino universitário na formação de novos engenheiros agrônomos e à agricultura brasileira, que a consagrou como “A Mãe da agroecologia do Brasil”.

Nessa ocasião, ela ganhou um site com amplo conteúdo de vida e trabalho em benefício do homem do campo, e isso também foi amplamente divulgado pelos principais órgãos de imprensa de SP e do Brasil.

Reveja reportagem do ItapoNews publicada no dia 04/10/2019

Itaiense, “Mãe da agroecologia brasileira” completa 99 anos e ganha site exclusivo Itaiense, “Mãe da agroecologia brasileira” completa 99 anos e ganha site exclusivo

A sua morte foi noticiada ontem pelos principais órgãos de imprensa do Brasil e lamentada por organizações ambientais e cientistas. “Descansa uma mente notável, uma mulher de força incom e um ser humano raro”, registrou a Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APQC).

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de