Avaré recebe seis médicos cubanos para atendimento em bairros da cidade

Com a chegada de profissionais do programa “Mais Médicos”, Prefeitura criará seis novas equipes de saúde da família – Avaré recebeu nesta terça-feira, 22, seis médicos cubanos que darão atendimento na rede de saúde no município. A adesão da cidade ao programa Mais Médicos do Governo Federal – medida implantada pela Prefeitura para solucionar a carência de profissionais – permitirá a criação de seis novas equipes do Programa Saúde da Família (PSF). Assim, a população passará ter acesso a 12 PSFs.

Com experiência clínica entre 15 a 20 anos, Dalys Bermudez, Damian Garcia, Danae Lorenzo, Miguel Munoz Carter, Vladimir Martinez e Yanaisa Preval se mostraram empenhados em participar do plano municipal de reestruturação da área. Eles já atuaram em ações de saúde pública internacional na África do Sul, em Moçambique, Angola, na Venezuela, entre outros países.

Os novos médicos atenderão nos postos dos bairros Vera Cruz, Bairro Alto, Bonsucesso, Vila Jardim e Jardim Brasil. Em um prazo de 90 dias, a prefeitura complementará as equipes multidisciplinares de saúde da família nas unidades onde atuarão os cubanos, explicou o prefeito Poio Novaes, acompanhado pelo secretário de Saúde, Miguel Chibani e por Vanda Nassif, diretora técnica da pasta.

Mais Médicos

Ao comentar sobre a importância da vinda dos profissionais, Poio colocou o fortalecimento da atenção básica nos bairros como meio para reduzir a sobrecarga no fluxo de pacientes no Pronto Socorro. “O foco do PSF é justamente oferecer ações preventivas a doenças frequentes e antecipar o atendimento que as pessoas buscam no Pronto Socorro. Avançaremos com mais médicos, remédios nas farmácias e melhor estrutura”, disse.

O custeio mensal dos médicos é subsidiado pelo Governo Federal, que também oferece auxílio para mobiliário. O município se responsabilizará por moradia, alimentação e transporte.
Investimentos
A reestruturação da rede de saúde incorporada pela prefeitura inclui também reformas e ampliações nos postos da Vila Jardim e do Brasil Novo. O primeiro terá nova ala para a Central de Fisioterapia. No Brasil Novo, novas salas incrementarão a capacidade de consultas clínicas à comunidade. Somadas, as ampliações totalizam mais de R$ 450 mil oriundos de convênios com o Governo Federal.

Recém aberto na Vila Operária, o PSF VI já atende moradores da Vila Esperança e dos condomínios Veneza, Serena e Vale do Sol. No PSF do Duílio Gambini, uma segunda equipe atenderá a população residente no Conjunto São Rogério 2. (Da Secretaria de Comunicação)

Compartilhar

Notícias relacionadas