Bafômetro de Itaporanga já pegou um que poderá ter sérias complicações com a Justiça

Na semana passada, por volta das 20h10 do dia 19, a Polícia Militar recebeu pelo 190 uma ligação telefônica informando um acidente de trânsito envolvendo uma moto na Estrada que liga Itaporanga a Santana do Itararé.

Imediatamente a equipe composta pelos PMs Tonon e Meneghel dirigiu-se ao local indicado, mas nada encontrou. Porém, no retorno à cidade, ao passar pela Vila Alvorada, no Cruzamento da Rua Leôncio Gurgel do Amaral com Rua João Batista Tristão, a equipe notou que um motoqueiro pilotava de maneira anormal e pediu para que esse parasse.

Na abordagem, os policiais notaram que ele exalava hálito alcoólico e apresentava escoriações na face e nas mão esquerda. Indagado sobre a origem dos ferimentos, o condutor, que se identificou como Nilton Rodrigues de Oliveira, 41 anos, disse ter caído na estrada de Santana e que não possuía carteira de habilitação.

Diante disso, os policiais submeteram Nilton ao teste do Etilômetro (bafômetro), que acusou e imprimiu  o alto teor – 0,63 mg/l de álcool em seu sangue. De acordo com a PM o condutor de qualquer veículo que seja não deve ingerir bebida alcoólica se estiver dirigindo.

Diante disso, ele foi conduzido e apresentado à Delegacia de Polícia de Itaporanga para as providências judiciais iniciais. A escrivã Raquel lavrou o Boletim de Ocorrência de Embriagues e Auto de Infração de Trânsito(dirigir sem habilitação e embriagues sobre influência de álcool). O veículo(moto) foi apreendida e removida para o Pátio do Detran.

De acordo com os prazos, o delegado José Carlos Fernandes tem 30 dias para ouvir as partes, ou seja, os PMs e Nilton, para só então instaurar ou não o inquérito policial, que poderá levar este último à Justiça.

Na quinta-feira passada, durante a Operação Direção Segura, o tenente Marcos Veloso informou que o Bafômetro ficará definitivamente em Itaporanga para servir também o município de Barão de Antonina, e que o equipamento será usado pelos PMs sempre que estes suspeitarem que condutores de veículos tenham usado álcool.

 

    
 

Compartilhar

Notícias relacionadas