Bandidos que aterrorizaram no final da semana acabam presos em Itaporanga

 

Dos três que estiveram neste sábado em Itaporanga – veja 1ª reportagem – , um deles, o Elton Nascimento, de 28 anos havia ficado escondido no mato e outros dois conseguiram fugir ontem mesmo.

Elton é o que havia feito refém a última família nas imediações da Fazenda Pantera. Nessa casa, jantou e saiu à pé, embrenhando-se no mato.

Mas, por volta das 10h da noite deste domingo, três pessoas, sendo um homem, Gilmar Henrique Moreira e mais duas mulheres, usando um Hyundai Tucson, placas do Paraná, vieram busca-lo.

O que não eles não sabiam é que a Polícia paulista continuava em busca na área. Assim que Elton embarcou na SP-255, nas imediações do Bairro Rio Verde, e seguiram pela vicinal em direção ao Bairro Santo Antonio, a viatura da Polícia Rodoviária comandada pelo sargento Hamilton, junto com outra viatura da Força Tática saíram em perseguição da Tucson, que acabou capotando na curva e ponte do Ribeirão (Sebastião Herculano).

Nesse acidente, somente os dois homens tiveram ferimentos. As mulheres nada sofreram. Os dois foram socorridos no Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga, medicados e liberados para a Polícia.

Mas como os policias que estavam no local do acidente não estavam encontrando as armas (dois fuzis) usados por eles nos dias anteriores nas ações criminosas, foram levados até lá para apontarem o ponto exato da vegetação onde elas estavam escondidas.

Nesse local, o preso Elton manifestou preocupação com o seu veículo, indagando aos policiais se havia dado PT – Perda Total, expressão usada pelas seguradoras em caso de danos irreparáveis em veículos. “Deu não. Nada que um martelinho de ouro não resolva”, brincou um dos presentes.

Em seguida, por volta das 02h30 desta segunda-feira (14) , a viatura da Polícia Rodoviária, com forte escolta policial, incluindo policiais paranaenses levou os 4 elementos para a Delegacia de Polícia de Wenceslau Braz, onde estão sendo indiciados.

O veículo ficará retido no pátio da concessionária do Detran de Itaporanga.

Segundo policiais paranaenses presentes nessa ação, os outros dois que haviam fugido ontem já teriam sido presos no Paraná.

Compartilhar

Notícias relacionadas