Barão de Antonina passa a fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro

 

Com 3.380 habitantes, e com baixíssimo índice de criminalidade, o município de Barão de Antonina/SP, na divisa com o estado do Paraná, em sua formação nos anos 20 e 30, teve forte influência europeia e oriental, por conta do Núcleo de Colonização, que recebeu grande quantidade de imigrantes europeus e orientais, tem a sua economia baseada na agricultura, pecuária e na indústria de confecções de jeans, com várias unidades na cidade.

Bem arborizada e tranquila, clima bom e a uma altitude de 550 metros na sede, a cidade é bem cuidada, com ruas e avenidas largas, ajardinadas, calçadas com blocos e ou pavimentadas.

Mas além dessas qualidades, a cidade conta também com estradas rurais bem conservadas e com belas paisagens de serras, matas, os rios Itararé e Verde, e o grande lago da hidrelétrica de Chavantes.

Com esses atributos, a prefeita Maria Neres pleiteou e conseguiu recentemente a inserção do município no Mapa do Turismo Brasileiro, tendo em vista também que é um dos 15 municípios entre paulistas e paranaenses que integram o Projeto Angra Doce, criado e transformado em lei pelo deputado Capitão Augusto.

 

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas com o foco na gestão, estruturação e promoção do turismo no Brasil, de forma regionalizada e descentralizada.

Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros. Para a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro foram realizadas diversas reuniões e a validação do mapa foi feita pelos Estados e o Distrito Federal em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais de Turismo.

Na região também foram incluídos os municípios de Itaporanga, Itaí, Piraju, Fartura e Taquarituba.

A prefeita Maria Neres se mostrou muito satisfeita com a inclusão de Barão de Antonina no Mapa do Turismo Brasileiro, pois entende que o desenvolvimento do Turismo trará grandes benefícios ao município e a região como um todo. (Com a Assessoria da Prefeitura de Barão de Antonina).

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas

1 Comentário
mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Marcia
Marcia
9 de agosto de 2017 23:22

Bom lembrar que Angras de Antonina é um local particular, não é um lugar de turismo. Nós, moradores do local, esperamos não perder nossa tranquilidade