Botucatu: Ambiental com 6 mil atendimentos em 2012

SONY DSCE mais: Prefeitura e Sabesp em projeto de esgoto para o Rio Bonito,  Municipio abre inscrições para o curso de Turismo Rural; Saúde Ambiental: Vigilância registrou mais de 6 mil atendimentos em 2012(retirada de enxames de abelhas lideraram) e em Desenvolvimento, programa capacita taxistas para gestão empresarial.  

Praças, canteiros e guias recebem manutenção

Manutenção de Praças - Foto Cesar Culiche (1)Manutenção de Praças - Foto Cesar Culiche (2)

Desde a última semana a equipe de Limpeza Pública da Secretaria de Obras e os funcionários da Secretaria de Meio Ambiente de Botucatu tem intensificado o trabalho de capinação e reparos nas praças, canteiros e guias da Cidade. A atividade se faz ainda mais necessária nesta época do ano, na qual concentra um maior volume de chuvas.

A Secretaria de Meio Ambiente já realizou a manutenção das praças Alexandre Fleming, Isaltino Pereira, Cavalheiro Virgilio Lunardi  e nos canteiros da Avenida Camilo Mazoni. Ainda na região norte da Cidade a equipe de Obras realizou a limpeza de mais 12 outras praças.

A equipe de Limpeza Pública também realizou a manutenção em mais de 20 praças dos bairros Arlindo Durant, Bairro alto, Jardim Ciranda, Jardim Brasil, Comerciários, Cohab 1, 4 e 6 e Palos Verdes. Os canteiros da Avenida Professor Pedretti Neto também receberam limpeza junto com as praças das igrejas São José, Santa Terezinha e São Benedito.
Nesta sexta-feira (11) as equipes de limpeza da Prefeitura de Botucatu continuaram os serviços na região Central da Cidade que engloba diversas praças entre elas a do antigo Fórum, Isabel Arruda, Praça Rubião Júnior, Coronel Moura de Campos (Paratodos), Emilio Pedutti (Bosque), entre outras.

Segundo o chefe de Divisão de Limpeza, Fernando Garcia de Oliveira (Bofete), após o término dos trabalhos nas praças da região Central da Cidade os mesmos seguirão para a Avenida Vital Brazil. “Pretendemos realizar primeiro a manutenção em todas as praças da Cidade e depois seguiremos para a limpeza dos canteiros e áreas verdes. A intenção é realizar o serviço em toda a Cidade”, destaca.
Serviço
Limpeza Pública
Telefone: 3882-5507 / 3882-8169
Secretaria de Meio Ambiente
Telefone: 3882-1290

Prefeitura e Sabesp em projeto de esgoto para o Rio Bonito

SONY DSC

A Prefeitura de Botucatu e a Sabesp fecharam importante parceria que possibilitou a antecipação de investimentos de R$ 5 milhões para implantação do sistema de esgotamento sanitário e atendimento a cerca de 5.250 habitantes dos bairros do Rio Bonito e Mina, em Botucatu.

Bastante esperadas pelos moradores, as obras visam ao atendimento de demandas apontadas como prioritárias pelo Orçamento Participativo (OP) e irão melhorar a qualidade de vida dessas localidades, já que os bairros passam a ser atendidos também com rede coletora e tratamento de esgotos, pois até então contavam apenas com água. Cerca de 1.500 imóveis serão beneficiados com os investimentos que trazem avanços para a saúde pública, o meio ambiente e a qualidade de vida da população.

O empreendimento, que compreende estações de tratamento de esgotos, unidades bombeadoras e cerca de 30 quilômetros de redes coletoras de esgotos, contribuirá para o desenvolvimento desses bairros e, consequentemente, com a expansão e a universalização do saneamento no município.

Realizado com mão de obra própria da Empresa, o empreendimento será executado em várias frentes de trabalho. Na quinta-feira, (10), em reunião técnica realizada na sede da superintendência da Unidade de Negócio Médio Tietê, o prefeito João Cury Neto e sua equipe, em parceria com o superintendente da Sabesp, Mário Eduardo Pardini Affonseca, e demais técnicos da Empresa traçaram as primeiras diretrizes para desenvolvimento dos serviços, que incluem etapas importantes como a concepção de projeto, topográfica, sondagem, regularização imobiliária, licenciamento ambiental e a execução das obras lineares e localizadas. A previsão para conclusão total do empreendimento é para janeiro de 2015.

Pardini ressaltou a importância da parceria com a Prefeitura para viabilizar a implantação dessas obras fundamentais para população daquela região que passa por um processo de desenvolvimento e expansão vertiginosa. “Essas obras trazem benefícios substanciais ao município, aos moradores e turistas desses balneários visto que os esgotos gerados nessas áreas passarão a ser coletados, afastados e devidamente encaminhados para tratamento, permitindo alavancar ainda mais o potencial turístico e de lazer daquela região”, afirmou Pardini.

Já o prefeito João Cury Neto destacou o nível de excelência alcançado no município com mais essas obras de saneamento que contribuirão para a melhoria da qualidade de vida e saúde da população de Botucatu, especialmente para os moradores do Rio Bonito e da Mina, com redução dos índices gerais de mortalidade infantil, redução das internações por doenças de veiculação hídrica, melhoria no meio ambiente e incremento do desenvolvimento social e econômico da cidade.

“Isso representa um significativo ganho para o meio ambiente e a qualidade de vida, além de um incentivo para o desenvolvimento sócio-econômico destes importantes polos de lazer e turismo e de toda a região”. Para Cury isso é exemplo de construção coletiva permanente, um verdadeiro legado que é deixar a cidade melhor do que herdou. “É isso que dá sentido à vida”, comentou o prefeito. (com informações da assessoria de imprensa da Sabesp)
 

Curso de Turismo rural está com inscrições abertas

A Secretaria de Desenvolvimento de Botucatu, por meio da Subsecretaria de Turismo, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural de Botucatu, informa que já se encontram abertas as inscrições para o curso gratuito de Turismo Rural, que terá início no final de fevereiro.

Atualmente, o turismo rural se caracteriza como fonte de renda no interior do Estado de São Paulo para pequenos proprietários rurais. Assim, o curso será uma grande oportunidade para promover melhorias nesta área no Município, uma vez que visa fornecer ferramentas para que sejam implantados negócios de turismo em propriedades rurais.

Os alunos terão aulas de atendimento, hospedagem, gastronomia, turismo de aventura, administração e outras informações que poderão ser implantadas na propriedade rural. As aulas serão realizadas na Fazenda Lageado, em uma sala pertencente ao Senar.

O curso de Turismo Rural incluirá material e alimentação e terá duração de dez meses, com uma carga horária de 240 horas e três encontros por mês. Os interessados devem ter idade mínima de 18 anos, ser alfabetizados, ter propriedade rural ou estar envolvidos na área, e ter interesse na atividade de turismo rural.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 18 de fevereiro na Subsecretaria de Turismo, localizada à Rua General Telles, nº 1.116 (ao lado do antigo Fórum). As vagas são limitadas e maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3882-0900, no Sindicato Rural, ou (14) 9603-1479, com a assessora de Turismo da Prefeitura de Botucatu, Luciana Alho.

Ambiental registrou mais de 6 mil atendimentos em 2012

A Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) de Botucatu informa que registrou, em 2012, exatos 6.196 protocolos de atendimento à população. As solicitações foram as mais variadas, como problemas com pragas urbanas, armazenamento incorreto de materiais que contribuem à proliferação de animais nocivos, animais soltos em via pública, resgate de animais silvestres, retiradas de enxames de abelhas, entre outros.

A população pode entrar em contato com a Vigilância Ambiental em Saúde para fazer denúncias ou receber orientações através dos telefones: 3813-5055 ou 150. A VAS está localizada na Secretaria da Saúde, Rua Major Matheus, 7, Vila dos Lavradores.

O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 7 às 17 horas. Fora do horário comercial de atendimento, finais de semana e feriados, o plantão da VAS atende casos de urgência e pode ser acionado através do telefone 199 da Guarda Civil Municipal (GCM).

Ranking dos dez atendimentos mais solicitados em 2012
1º abelhas (1001 solicitações)
2º terrenos baldios (800 solicitações)
3º Animal solto em via pública (745 solicitações)
4ª Animal doente (690 solicitações)
5º recolhimento de animais mortos (534solicitações)
6º morcegos (328 solicitações)
7º casas com acumulo desordenado de materiais (230 solicitações)
8º resgate de animais silvestres (298 solicitações)
9º maus tratos a animais (218 solicitações)
10º problemas com ratos (192 solicitações)

Programa capacita taxistas para gestão empresarial

Capacitar taxistas para que eles possam aplicar no dia a dia, rotinas de gestão empresarial, planejamento, controle financeiro e atendimento ao cliente. Estes são alguns dos pilares do programa Taxista Empreendedor, que será apresentado pelo Escritório Regional do Sebrae-SP em Botucatu, na próxima segunda-feira (15), a partir das 19 horas.

O objetivo é sensibilizar o taxista de Botucatu e região a pensar na sua atividade como um pequeno negócio, da necessidade da mudança de comportamento, de uma atitude proativa e de utilizar os recursos de gestão para administrar e melhorar seus resultados.

O programa oferecerá aos profissionais uma solução educativa multimídia, no formato de um kit educativo, para estudo autônomo. Nesta solução, os principais temas trabalhados são: “o táxi como negócio”, “atender bem”, “como encantar o cliente”, “marketing pessoal”, “como fazer a diferença”, “relações humanas”, “trabalho em equipe”, “gestão”, “controle financeiro”, “o táxi e o turismo”, “conheça melhor a sua cidade”, “ética e cidadania” e “qualidade de vida”.

Gratuito, o evento será realizado na sede do Sebrae em Botucatu, localizada na rua Dr. Costa Leite,nº 1570, no Centro. O telefone para informações e inscrições é o (14) 3815-9020.
O programa Taxista Empreendedor conta com o apoio da Prefeitura de Botucatu por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Cooperativa Rádio Taxi de Botucatu e SEST/SENAT-Bauru. Mais informações pelo site: http://www.taxistaempreendedor.com.br/.

Compartilhar

Notícias relacionadas