Botucatu cria associação para gerir parque tecnológico

Mais um importante passo foi dado, na noite da última terça-feira (28), para a consolidação do Parque Tecnológico Botucatu, um dos grandes investimentos que a Prefeitura executa em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Em torno de 50 pessoas estiveram reunidas no Salão Azul da Secretaria Municipal de Educação para a Assembleia Geral de fundação da “Associação Parque Tecnológico Botucatu”.

A reunião contou com as presenças de representantes do Poder Executivo Municipal, da universidade, de entidades e empresas que trabalham pela viabilização do projeto. O gerente da Prospecta, Antonio Vicente da Silva, comandou os trabalhos como presidente da mesa diretiva, que também foi composta pelo advogado José Luiz Coelho Delmanto e pela médica veterinária Sara Yamaguishi Tomita.

De forma consensual, os presentes deliberaram pela constituição da Associação Parque Tecnológico Botucatu, pela aprovação de seu estatuto e elegeram como sede provisória um dos imóveis da antiga CESP, na Rodovia Gastão Dal Farra.

Após a apresentação de um breve histórico com os passos para a constituição da Associação, o advogado José Luiz Coelho Delmanto foi aclamado como presidente pró tempore, pelo seu envolvimento no processo e terá 90 dias para tomar as providências legais no sentido de constituir a primeira diretoria. Os presentes ainda assinaram o livro de presença como fundadores da entidade. 
“Sem dúvida alguma, demos mais um passo importante. Para que possamos obter o credenciamento definitivo do Parque uma das condicionantes era a definição do órgão gestor. A assembleia que institui a Associação vai de encontro à essa necessidade”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento, Ricardo Veiga.

Antes de sua viagem à China, o prefeito João Cury liderou uma comitiva que esteve reunida em audiência com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Barbosa. Além de prestar contas dos investimentos que já foram executados na primeira etapa de implantação do Parque, o chefe do Executivo solicitou a liberação de recursos da ordem de R$ 8 milhões para serem aplicados na ampliação da Incubadora de Base Tecnológica (Prospecta) e para as edificações do Parque Tecnológico. 
Inovação – Os parques tecnológicos são empreendimentos criados e geridos com o objetivo permanente de promover pesquisa e inovação tecnológica, estimular a cooperação entre instituições de pesquisa, universidades e empresas, além de dar suporte ao desenvolvimento de atividades empresariais.

O Parque Tecnológico Botucatu está sendo implantado pela prefeitura da cidade, com recursos repassados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Ocupará uma área de 286 mil m² na rodovia Gastão Dal Farra. Seu objetivo principal é incentivar e promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável da região, fomentando a inovação tecnológica.

O empreendimento terá atuação principal na área de bioprocessos – procedimento tecnológico que utiliza sistemas biológicos, componentes e derivados de organismos vivos – para produção de medicamentos, insumos médico-hospitalares, produtos de agropecuária sustentável e serviços ambientais.

Com cinco unidades da UNESP, uma Etec e uma Fatec do Centro Paula Souza, além de outras universidades, Botucatu possui um forte potencial na área de ciência e pesquisa biológica. "Vai ser um parque muito importante para a geração de empregos, porque vai atrair novas empresas para a cidade", avaliou o governador Geraldo Alckmin na última visita que fez ao município.
Obras – Convênio assinado entre a Secretaria de Desenvolvimento e a Prefeitura de Botucatu garantiu o aporte de R$ 5 milhões em investimentos do Governo do Estado para os estudos técnicos e o início da implantação do núcleo do Parque em Botucatu. As obras de infra-estrutura interna e externa entraram na fase final e incluem: alambrado, ruas asfaltadas, guias, sarjetas, calçadas, instalações elétricas, iluminação, rede de água e de esgoto e escoamento de águas pluviais.

A portaria do parque também será construída, bem como o núcleo administrativo que contará com 1.274 metros quadrados.



LISTA DOS FUNDADORES DA ASSOCIAÇÃO 
PARQUE TECNOLÓGICO BOTUCATU

1- Prof. Dr. Edivaldo Domingues Velini
Profissão: Engenheiro Agrônomo
2- Prof. Emérito da Faculdade de Ciências Agronômicas   Dr. Ricardo Antonio de Arruda Veiga
Profissão: Engenheiro Agrônomo
3- Paulo Urbanavicius
Profissão: Engenheiro Mecânico
4- Antonio Vicente da Silva
Profissão: Engenheiro Mecânico
5- Moacyr Ramos Bighetti
Profissão: Empresário
6- José Eduardo Soares Candeias 
Profissão: Servidor Autárquico
7- Roberson Jose Michelin
Profissão: Contabilista
Representando: Atipas Contabilidade 
 8- Uilian de Andreis
Profissão: Biomédico
Representando: Br4Science Assessoria Técnica Cientifica Ltda
9 – Diego Augusto de Campos Moraes
Profissão: Empresário 
Representando: DSS Avaliações Ambientais Ltda
10- Luiz Rodrigo Miyamoto Barberis 
Profissão: Engenheiro Agrônomo 
Representando: Farmagnose Pesquisa e Desenvolvimento Cientifico Ltda
11- Marcelo Rocha Corrêa 
Profissão: Engenheiro Agrônomo 
Representando: Techfield Assessoria e Consultoria Agrícola Ltda
12- José Matheus Yalente Perosa
Profissão: Engenheiro Agrônomo
13- Maria Lucia Bueno Trindade 
Profissão: Engenheira Agrônoma 
Representando:Biocompostos Pesquisas  e Compostos Ltda
14-Juliana Garcia Carvalho Pupatto
Profissão: Engenheira Agrônoma  
Representando: Água da Mata Desenvolvimento Sustentável Ltda
15- Roberto Antonio Colenci
Profissão: Engenheiro Mecânico 
Representando: FATEC – Faculdade de Tecnologia de Botucatu
16 – João Eduardo de Abreu Machado
Profissão: Medico
17 – Adriano Stefani Rubini
Profissão: Medico Veterinário 
Representando: VetDna Diagnósticos Molecular Ltda
18- Karina dos Santos Paduan
Profissão: Bióloga 
Representando: VetDna Diagnósticos Molecular Ltda
19 – Edson Luiz Furtado 
Profissão: Engenheiro Agrônomo 
Representando: SilviControl Monitoramento de Pragas e Doenças Florestais Ltda 
20 – Eduardo Negrisoli 
Profissão: Engenheiro Agrônomo 
Representando: Techfield Assessoria e Consultoria Agrícola Ltda
21- Ana Beatriz de Castro Lopes 
Profissão: Zootecnista 
Representando: BMA Consultoria e Sistema Integrados Ltda
22 – Helio Grassi Filho
Profissão: Engenheiro Agrônomo
23- Adriane Cristina Sanches 
Profissão: Bióloga 
Representando: Hostpot Idéias Ambientais Inovadoras
24- Ulisses Rocha Antuniassi
Profissão: Engenheiro Agrônomo
25- José Paes de Almeida Nogueira Pinto
Profissão: Medico Veterinário
26- Andre Vicente Ruiz de Matos
Profissão: Medico Veterinário
27- Marcelo Sady Plácido Ladeira 
Profissão: Biólogo 
Representando: MultiGene
28- João Luiz Martins Rodrigues M.
Profissão: Gerente Comercial 
Representando: W.Q.S Bio Rastro Certificação e Tecnologia no Agronegócio 
29- Maria Inês de Moura Campos Pardini 
Profissão: Bióloga
30- Sueli Matiko  Miyabara Agostinho
Profissão: Bioquímica 
Representando: Cuesta Aqüicultura
31- Alcides Lopes Leão 
Profissão: Prof. Universitário
32- Debora  Colombi 
Profissão: Biomédica 
Representando: Genotyping Laboratório de Biotecnologia Ltda
33- Julio Eduardo Gentil Craco 
Profissão: Industrial
34- Paulo Eduardo Martins Ribolla
Profissão: Professor
Representando: Núcleo de Biotecnologia e Bio-materiais da Universidade Estadual Paulista – UNESP
35- Giantiago Silva David
Profissão: Engenheiro
Representando: Autoclip Serviços de Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologia da Informação  
36- Vânia Vieira Rudge
Profissão: Advogada 
Representando: ADET –  Associação para o Desenvolvimento Empresarial e Tecnológico de Botucatu e Região
37- Rafael Augusto de Lima Dalo
Profissão: Médico Veterinário  
Representando:D&D Despachante Imobiliário Ltda-ME
38- Maria Dorotéia Borges dos Santos
Profissão: Biomédica
39- Raquel Souza Mattana
Profissão: Engenheira Agrônoma 
Representando: Farmagnose Pesquisa e Desenvolvimento Cientifico Ltda
40- Luiz Carlos Deviennede Almeida 
Profissão: Engenheiro Mecânico 
Representando: Manualtech Consultoria e Assessoria Ltda
41- Celso Amaral 
Profissão: Analista de Sistema 
Representando: Estação 13 – Profissionais de TI
42- João Paulo de Castro Marcondes 
Profissão: Biólogo
43- Sara Yamaguishi Tomita
Profissão: Médica Veterinária 
Representando: Prime-Embryo Biotecnologia de Reprodução Animal
44- Silvio Alexandre de Jesus
Profissão: Engenheiro Florestal 
Representando: Meta Ambiente Consultoria e Serviços  Florestais
45- Luiz Cesar Ribas
Profissão: Engenheiro Florestal
46- Sergio Corrêa Pimenta 
Profissão: Engenheiro Agrônomo 
Representando: Sergio Correa Pimenta ME
47- José Luiz Coelho Delmanto 
Profissão: Advogado
48- Diogo de Castro Lopes
Profissão: Empresário 
Representando: Aequalis Arquitetura e Engenharia de Software Ltda
49 – Samuel Messias Domingues
Profissão: Empresário 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas