Botucatu é a 5ª melhor cidade do Brasil para se viver, entre as de 100 e 200 mil/habitantes

Excelentes para viver. Assim pode ser classificado o seleto grupo de 431 dos 5.570 municípios brasileiros que apresentam elevado índice de desenvolvimento, segundo estudo do Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), que acaba de ser divulgado com dados referentes ao ano de 2013.

E Botucatu, mais uma vez, figura na lista das 50 cidades mais desenvolvidas do Brasil. O levantamento mostra que no ranking nacional, o município ocupa o 32º lugar e no ranking estadual é o 24º colocado. Ao fazer uma análise mais detalhada das informações e estabelecendo um comparativo entre cidades do mesmo porte, o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) revela um dado ainda mais positivo: Botucatu aparece como a quinta cidade mais desenvolvida do Brasil com população entre 100 mil e 200 mil habitantes.

Do método – O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal varia de 0 a 1: quanto mais próximo de 1, melhor é o nível de desenvolvimento da cidade. A nota é calculada segundo a análise de três conjuntos de indicadores: educação, saúde e emprego e renda. Com IFDM de 0,8669, Botucatu compõe o grupo de cidades com alto estágio de desenvolvimento, o equivalente a 7,8% do total analisado.

No indicador Emprego e Renda, que leva em conta a geração de empregos formais, capacidade de absorção de mão de obra local, geração de renda formal, os salários médios e a desigualdade social, Botucatu alcançou índice 0,7505. Em 2013, de forma geral, o IFDM Emprego e Renda recuou 4,3% e ficou com 0,7023 pontos, a menor nota desde a crise de 2009.

No IFDM Educação, a Firjan analisa o número de matrículas na educação infantil, a proporção de estudantes que abandonam o ensino fundamental, além da distorção idade-série, o número de professores com ensino superior, a média de aulas diárias e o resultado do Ideb no ensino fundamental. Na comparação com o ano anterior, Botucatu viu seu índice saltar de 0,8995 para 0,9099. Nesse quesito, a média dos municípios brasileiros ficou em 0,7615.

O índice em que o município apresenta a melhor nota é Saúde, que leva em conta o número de consultas pré-natal, óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e número de internações sensíveis à atenção básica (ISAB). A nota de Botucatu passou de 0.9399 para 0.9403, muito acima de 0,7684 que foi a média apurada no Brasil.

Satisfeito com o resultado, o prefeito João Cury Neto afirma que os índices alcançados pelo município são bastante expressivos, mas sempre é possível melhorar. “Ficamos felizes ao constatar que nossa cidade volta a ser destaque em um estudo que leva em conta dados oficiais referentes aos mais de cinco mil municípios brasileiros.

Na comparação com cidades do mesmo porte, Botucatu é hoje a quinta melhor cidade do Brasil. Esse é um dado para ser comemorado. Esse resultado deve ser dividido com toda a nossa equipe de governo, os servidores municipais, o setor produtivo e a sociedade civil organizada. Vamos continuar melhorando para que Botucatu cresça ainda mais nesse ranking, proporcionando oportunidades e qualidade de vida para nossa gente”, declara.

“Fico feliz porque nas áreas de saúde e educação, que competem diretamente ao município, as notas cresceram, comprovando que as ações e os investimentos que temos realizado nos últimos anos estão dando resultado. Já o índice emprego e renda reflete a situação econômica difícil vivida pelo país”, completa o prefeito.
(Da Secretaria de Comunicação de Botucatu/SP)

Compartilhar

Notícias relacionadas