Botucatu: FMB/Unesp conquista prêmios em congresso nacional de Dermatologia

 A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) participou do 64º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia  e conquistou o 1º lugar na categoria “Prêmio Científico 2009 – Programa Residentes”, com trabalho “Associação entre Pragas Auriculares e Doença Arterial Periférica”. O evento, que reuniu mais de 2.500 dermatologistas e recebeu mais de mil trabalhos, foi realizado entre os dias 5 e 9 de setembro, em Belém-PA.

Os autores são os médicos residentes: Paulo Müller Ramos, Juliana Hammound Gumieiro, sob orientação do professor do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da FMB, Dr. Hélio Amante Miot. Eles receberam o “Prêmio Galderma – Compromisso com o Futuro da Dermatologia”. 

Na pesquisa foram avaliados sinais externos da pele que indicavam riscos de arteriosclerose periférica (entupimento das artérias, nas pernas). Foram analisados dois grupos de pessoas, um que estava acometido pela doença e outro que não, para identificar lesões que pudessem causar arteriosclerose. Segundo professor Miot, os resultados foram bastante positivos. 

Outro outro grupo da FMB, formado pela médica residente da FMB Mariana Ferreira Rezende e Valquíria Pessoa Chinem (ex-residente da faculdade), novamente com a coordenação do professor Dr. Hélio Amante Miot, também foi premiado.  Eles conquistaram o 3º lugar na categoria “Trabalho de Investigação Científica”, com a pesquisa sobre “Lesões cutâneas actínicas e risco de carcinoma basocelular do segmento cefálico”. A equipe recebeu o prêmio “Sebastião de Almeida Prado Sampaio”. Da mesma forma como aconteceu com o outro projeto, foram investigados pacientes com carcinoma basocelular e pessoas saudáveis para avaliar se haviam lesões de pele induzidas pelo sol que poderiam causar a doença.

Ambas as pesquisas obtiveram dados importantes para que os especialistas possam conhecer melhor as doenças e atuar de forma preventiva.

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas