Botucatu terá um hotel Bourbon, anexo ao novo shopping

Assinatura Termo de Cooperação para o Fim do Uso de Sacolas Plásticas - Foto Igor Medeiros (2)bourbon_botucatu_externaNa sexta-feira, 13, o prefeito de Botucatu João Cury Neto recebeu Alceu Vezozzo Filho, vice-presidente da rede Bourbon Hotéis e Resorts. Juntos anunciaram a construção de um hotel de 8 andares, 5 estrelas, 133 apartamentos. E mais, na questão do Meio Ambiente, o município e os

empresários assinaram um pacto para eliminar 7 milhões de sacolas plásticas por mês, e Unit recebe 200 interessados nos cursos profissionalizantes

Lançamento do Hotel Rio Bourbon Botucatu - Foto Marco Magnoni (1)Lançamento do Hotel Rio Bourbon Botucatu - Foto Marco Magnoni (2)

Botucatu foi a cidade escolhida para a expansão da Rede Bourbon Hotéis & Resorts pelo interior de São Paulo, utilizando a bandeira Rio Hotel By Bourbon Botucatu. O anuncio oficial foi feito na manhã desta sexta-feira [13] no Auditório Cyro Pires, da Prefeitura de Botucatu, e foi acompanhado por autoridades locais como o prefeito João Cury Neto e empresários como o diretor-presidente do Grupo JHF, José Henrique Faraldo, responsável pela construção do Shopping Patio Botucatu, onde o hotel será construído em anexo, próximo à Rodovia João Hypólito Martins [Castelinho].

bourbon_botucatu_externaO prédio de oito andares, categoria quatro estrelas, contará com 133 apartamentos, sendo 128 standard e cinco suítes. O investimento aproximado é de R$ 28 milhões. As obras estão previstas para começar no segundo semestre deste ano e devem durar 24 meses para que o hotel entre em operação em 2014.

O empreendimento, de característica de negócios, vai abrigar sala de reuniões para até 200 pessoas, recepção com equipe bilíngue, room service 24 horas, fitness center moderno, acesso à internet Wi-Fi em todo o hotel e estacionamento. Na gastronomia, restaurante e lobby bar integrados e agradavelmente dispostos para o conforto dos hóspedes e passantes.

bourbon_botucatu_hallbourbon_botucatu_quarto

Segundo o vice-presidente da rede Bourbon Hotéis e Resorts, Alceu Vezozzo Filho, a escolha de Botucatu é estratégica e tem haver com a qualidade de vida e potencial econômico da Cidade, sustentado principalmente pelas indústrias e Unesp (Universidade Estadual Paulista). “Botucatu é de primeiro nível, poucas cidades do País possuem as características encontradas aqui. Por isso tenho certeza que nosso empreendimento será um sucesso e atenderá as necessidades do serviço hoteleiro, que é nossa especialidade”, disse.

Henrique Faraudo elogiou a estrutura do futuro hotel, que engrandecerá ainda mais o complexo multiuso proposto pelo shopping, no qual os serviços de terraplanagem iniciam entre março e abril próximos. “A intenção é entregar as obras do shopping até o segundo semestre de 2013. Estamos seguindo todos os procedimentos legais, que incluem muita burocracia. O importante é que o shopping irá sair acompanhado de outros empreendimentos de qualidade, como este hotel da Rede Bourbon que traz a Botucatu um novo conceito”, afirma.

O hotel, que também tem a adesão da Colenci Participações, deverá num primeiro momento gerar cem empregos, de acordo com Vezozzo, sem descartar possíveis expansões. Diante disso, o prefeito João Cury demonstrou todo o apoio ao grupo de investidores. “Além dos incentivos, cabe agora o Poder Público investir em mais cursos de qualificação para atender a mão de obra deste hotel, tanto no período de sua construção até sua inauguração. Por isso a Prefeitura se antecipou e tem já oferecido vagas na Unit [Universidade do Trabalhador], em parceria com o Sinhores [Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares] para serviços de garçom, barman, camareira, entre outros”, ressalta.

Além da geração de empregos, o Chefe do Executivo Municipal apontou a preocupação com o desenvolvimento organizado que o Poder Público tem proposto à região Sul e Oeste de Botucatu. “Estamos investindo no aumento da capacidade de energia para estas regiões, saneamento básico e sistema viário, com a primeira etapa de ligação da Castelinho com o Distrito de Rubião Júnior”, completa.

Sobre a Bourbon Hotéis & Resorts – Idealizada há 48 anos pelo empresário paranaense Alceu Vezozzo, a Bourbon Hotéis & Resorts é considerada a melhor empresa 100% brasileira do segmento hoteleiro. Possui 13 empreendimentos – onze corporativos e dois resorts – nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro e em Assunção, no Paraguai, onde está localizada sua primeira unidade Internacional.

Atualmente, possui duas Unidades na categoria Resort, cinco na categoria Business, duas na Express, três na Convention e uma em Residence. Com relação a eventos, o Bourbon Atibaia é o maior espaço de eventos em hotéis do Brasil (17.924 metros quadrados) e em número de apartamentos é o quinto maior hotel do Brasil.
 

Comerciantes assinam pacto para eliminar 7 milhões de sacolas plásticas por mês

Assinatura Termo de Cooperação para o Fim do Uso de Sacolas Plásticas - Foto Igor Medeiros (4)Assinatura Termo de Cooperação para o Fim do Uso de Sacolas Plásticas - Foto Igor Medeiros (7)

Pelo menos 15 representantes de estabelecimentos comerciais de Botucatu [veja lista abaixo] assinaram na noite desta quinta-feira [12], na Câmara Municipal, o termo de cooperação que prevê, a partir de 25 de janeiro deste ano, a eliminação gradual do uso de sacolas plásticas descartáveis em Botucatu.  A campanha intitulada “Vamos Tirar o Planeta do Sufoco” incentiva a substituição das sacolas descartáveis por reutilizáveis nos supermercados.

As estimativas revelam que os brasileiros jogam fora, todos os meses, um bilhão de sacolinhas, o que revela uma média de 66 unidades para cada consumidor por mês, ou seja, cerca de duas sacolinhas por habitante por dia. Seguindo essas estimativas, o município de Botucatu utiliza hoje cerca de 7 milhões de sacolinhas por mês, o que corresponde a 35 toneladas/mês.

Em Botucatu, as grandes redes de supermercado que respondem por 80% das sacolas plásticas que circulam no Município, se comprometeram em aderir à campanha, dando aos clientes a opção de utilizar sacolas biodegradáveis, sacolas retornáveis (ecobags) ou, ainda, caixas de papelão. Os estabelecimentos se comprometeram a não distribuir gratuitamente sacolas descartáveis, sendo apenas permitida a venda do mesmo material a preço de custo.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo da Apas [Associação Paulista dos Supermercados], João Sanzovo Neto, a campanha tem tudo para ser um sucesso em Botucatu como já acontece em outras cidades do Estado e do País, como Jundiaí, Americana e Belo Horizonte. “No início até pode causar alguns transtornos, mas a tendência é que a população e o comércio se adaptem. Nossa melhor resposta é que nas cidades em que o termo já foi assinado ninguém voltou atrás”, afirma.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Layre Colino Júnior, salientou que as famílias, com o tempo, deverão encontrar alternativas para condicionar o lixo sem a necessidade do uso das sacolinhas. “Pequenas atitudes que podem gerar algum desconforto agora representarão um benefício imensurável não apenas para as próximas gerações, mas como também para a atual que ganhará em limpeza e bem estar.
Se boa parte da população aderir à campanha conseguiremos tirar de circulação quase 90 milhões de sacolas plásticas de nossa Cidade que, além de demorarem a se decompor no meio ambiente, acabam sempre poluindo o visual de nossas ruas e parques, sem falar nos transtornos maiores que podem provocar como possíveis alagamentos por conta de bueiros entupidos”, enfatiza.

Fique sabendo – As sacolas de plástico constituem hoje um grande problema ambiental. Os polímeros utilizados na sua produção são derivados do petróleo. Seu uso, de forma arbitrária, constitui num verdadeiro desperdício dos recursos da natureza, embalando até mesmo o que já está embalado. A decomposição desse material nos aterros e lixões leva mais de 100 anos e contribui significativamente para aumentar o volume do lixo em 15% a 20%.
Assim, o tempo de vida útil dos aterros obrigatoriamente leva em conta esse volume, obrigando os órgãos públicos a procurar novas áreas. Além disso, os sacos plásticos, por serem impermeáveis, formam perigosos bolsões de gases prejudicando o processo de decomposição dos resíduos.

Calcula-se que, no mundo, são consumidos 500 bilhões de sacos plásticos por ano, ou 1,5 bilhão por dia, ou ainda 1 milhão por minuto. E no Brasil não é diferente. O nosso País produz anualmente 210 mil toneladas de filme plástico, com o qual são fabricados os saquinhos plásticos.

As estimativas revelam que os brasileiros jogam fora, todos os meses, um bilhão de sacolinhas, o que revela uma média de 66 unidades para cada consumidor por mês, ou seja, cerca de duas sacolinhas por habitante por dia.

Serviço
Os estabelecimentos comerciais que ainda não aderiram à campanha “Vamos Tirar o Planeta do Sufoco” podem a qualquer momento assinar o termo de compromisso para a substituição das sacolas descartáveis pelas reutilizáveis. Basta entrar em contato pelo telefone 3882-1290. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está localizada na Rua General Telles, 1603 – Centro.

Estabelecimentos que aderiram à campanha
Pão de Açúcar
Central Supermercados
Jaú Serve Supermercados
Mercado Renascer
Supermercados Manzini
Comercial Salomão
Mercadinho do Aeroporto
Supermercado Vitória
Supermercado Dandara
Pedrinho Supermercados
Supermercado Ceranto
Supermercado Imperatriz
Supermercado Cecap
Mini Mercado Amaral
Auto Posto Cuesta
 

UNIT já recebeu 200 pessoas interessadas nos cursos profissionalizantes

A Universidade do Trabalhador (Unit), vinculada à Secretaria Municipal de Educação, já realizou até o momento o cadastro de mais de 200 pessoas interessadas em participar de cursos gratuitos oferecidos em suas duas unidades.
No polo 1 são oferecidos os cursos de informática, garçom, camareira, corte e costura, cozinheiro e barman. Eles serão realizados em parceria com o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sinhores) e a Subsecretaria de Turismo.

Já na unidade 2 as oportunidades são na área de torno, freza, solda, chapeamento e construção civil. Esses cursos serão ministrados em parceira com o Senai [Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial], Escola Técnica “Dr. Domingos Minicucci Filho” e indústrias da cidade como a Induscar Caio.
Ficha cadastral – Os interessados nos cursos dos dois polos da Unit devem preencher a ficha cadastral até o dia 20 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas, na própria Secretaria de Educação, localizada na Praça Dom Luiz Maria de Santana, 176, no Centro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (14)3811-3199.

Serviço
Unit – polo 1
Rua Moraes Barros, 357 – Centro
Unit – polo 2
Rua Francisco Lyra Brandão, 1.321 – Vila São Benedito

Compartilhar

Notícias relacionadas