Cabo Geraldo morre e deixa legado de lutas pela região

 

(Do Jornal Sudoeste Paulista) – Considerado símbolo do respeito ao próximo em toda a região, faleceu na sexta-feira, 18, o cabo PM Geraldo Neres de Meira, aos 44 anos. Ele se tornou conhecido após engajar luta em prol da Creche Presbiteriana em Fartura, além de desenvolver trabalho intenso junto ao Corpo de Bombeiros. Neres lutava contra um câncer. Atualmente residia em Águas de Santa Bárbara, onde também acumulava amizades e respeito pelo trabalho que exercia. Ele era irmão do prefeito de Coronel Macedo, Edivaldo Neres de Meira.

Sepultado em Coronel Macedo

Em Fartura, Neres foi presidente da Creche Presbiteriana, onde deixou legado de lutas junto à comunidade, sendo muito querido pela população.
Sua atuação junto à entidade fez dele um dos homens mais respeitados publicamente, sendo cotado por partidos políticos por várias vezes para ingressar na vida pública, mas devido a sua profissão, não aceitou. Ultimamente o bombeiro residia em Águas de Santa Bárbara, onde também era muito respeitado pela comunidade local.

Seu velório aconteceu em Águas de Santa Bárbara, na sede da Igreja Batista pela manhã, e no período da tarde, seu corpo foi levado à Coronel Macedo, para ser velado e sepultado, já que era natural dessa cidade. O militar era irmão Edivaldo Neres de Meira, atual prefeito de Coronel Macedo.

Compartilhar

Notícias relacionadas