Câmara entrega Título de Cidadão Itapevense a Carlinhos Chueiri

Carlinhos Chueiri e sua esposa EdycléiaCarlinhos Chueiri e sua esposa Edycléia Em Sessão Solene marcada para o dia 16 de abril, no Plenário da Câmara Municipal de Itapeva, será procedida a entrega do Título de Cidadão Itapevense ao funcionário público João Carlos Chueiri. A iniciativa da honraria é do vereador Paulo de la Rua Tarancón (PDT). João Carlos  Chueiri  nasceu em Siqueira Campos/PR, no dia  10 de novembro de 1937. Em 1943, no mês de fevereiro  mudou-se  com a família  para a cidade  de Caçador, em  Santa Catarina,  na qual morou  até o  final  do ano.

Em 1944,  residiu na cidade de Ponta Grossa/PR, onde iniciou sua vida escolar no "Grupo de  Escolar"  da cidade.  Nesta cidade  presenciou  a chegada dos Pracinhas  da Força Expedicionários Brasileira ao  término da 2ª Guerra Mundial.  E no  início de 1946 sua família chega  em  Itapeva.

O Sr. João Carlos concluiu em dezembro de 1949 no Curso de Aplicação  Anexo à Escola  Normal e Ginásio Estadual de Itapeva seu primeiro ciclo, ou seja  o Grupo Escolar. Na escola  Normal e  Ginásio Estadual de Itapeva concluiu até a 3ª série  ginasial e recebeu o certificado de conclusão  do referido curso.  1º Ciclo Secundário no colégio Piratininga em São Paulo.  Recebeu também o Atestado de Eliminação de Disciplinas do 2º Grau no ano de 1977, em agosto, em Itapeva/SP.

Carlinhos Chueiri morou em Itapeva/SP até o final ano de 1957.  Período em que marcou sua  infância  foi quando seus   pais eram proprietários  do Bar  Ideal,  na Rua Dr. Pinheiro, 449,  o qual era  muito bem freqüentado  e marcou  a época. Ficava ao lado do famoso Cine Theatro São José e em frente a escola.   O mesmo tornou-se ponto de reunião da classe estudantil por várias horas, todos os dias e por vários anos.

Apaixonado pelo esporte, ainda garoto, teve seus primeiros conhecimentos  de basquete e vôlei com os saudosos  professores de Educação Física: O Sr. Francisco Prado Margarido  e João Camargo.

No ano de 1954 trabalhou no cartório de Registro Civil com o Sr. Jeminiano David Muzel.   Serviu o Exército Brasileiro no ano de 1956.  No mesmo ano até novembro de  1957  trabalhou na agencia Ford  tendo como gerente o Sr. Júlio Vieira Holtz.

Em dezembro de  1957 transferiu-se com a família para São Paulo, o qual iniciou  nova vida profissional.

Em maio de 1958, após prestar concurso público, ingressou como  funcionário público na antiga  Secretaria de Viação e Obras Públicas.

Casou-se  em São  Paulo, no dia 24 de junho de 1961, coma a Sra. Edycléia,  filha única do casal, saudoso Nondas e Iva,     tendo desse casamento dois filhos:  Paulo César e Marco Antonio e tem dois netos: Beatriz e João Carlos.

Acumulou o cargo de   funcionário público e bancário. Como bancário no Banco Econômico da Bahia S/A. Era possível assim proceder, sendo que na época funcionário público trabalhava meio período.

Carlinhos Chueiri morou em São Paulo durante 20 anos, mas  não se  afastou de Itapeva em  definitivo. Tinha e tem grande amor por esta terra, com forte relacionamento entre parentes e amigos.

Em março de 1976, mudou-se  definitivo para Itapeva e,  nos anos de 1978 e 1979 ministrou aulas de basquete e vôlei para crianças   na faixa de 7 a 14 anos – Escola de iniciação das Modalidades.

Em Sua vida profissional: prestou serviços como escriturário  no Departamento de Edifícios  e Obras Públicas da Secretarias  de Obras  e Meio Ambiente – SOMA,  de  12 de maio de 1958 a 17 de março de 1977.

Como bancário do Banco Econômico da Bahia de 16 de outubro de 1961 a  28 de fevereiro de 1967.

Como Supervisor  do Departamento de Contas e a pagar de firma da  Construção Civil Tenplas S/A –  Construção e Comércio, de 01 de  setembro de 1974 a 26 de maio  de 1976. Nesse período esteve  afastado do serviço público  por 02 anos, sem vencimentos.

Como  encarregado de setor na RC2.4-Itapeva do Departamentos de Estradas  de Rodagem da Secretaria da Infra-Estrutura  Viária,  de 18 de março de 1977 a 19 de abril de 1991, após 15 anos de serviços prestados,   quando aposentou-se.

Como Coordenador de Projetos trabalhou na Associação Cristã de Moços – ACM, de 01 de abril de 1996 a 09 de setembro de 1997.

Como  Instrutor Técnico de Atletismo na Secretaria Municipal de Esportes  e Turismo -SEMETUR, de 14 de março  a 31 de dezembro de 2000.   Trabalhou também como Encarregado de Manutenção de Equipamentos, na referida SEMETUR no período  14 de maio de 2001 a 31 de dezembro de 2004.

 Participou de vários cursos, como: 3 Fases Básicas do Método de Supervisão – TWI,   realizado na  Secretaria do Trabalho, Indústria e Comércio do Departamento Estadual do Trabalho, setor de formação,  treinamento e aperfeiçoamento, período de 30 de agosto  a 22 de novembro de 1968.
 
Primeiro Curso de Chefia Administrativa, realizado  na  Seção de Planejamento de Recursos Humanos do Departamento de Edifícios e Obras Públicas do Estado de São Paulo,  de 15 de maio a 20  de  junho de 1972; Curso de Redação e Correspondência Oficial, realizado na Seção de Planejamento de Recursos Humanos do Departamentos  de Edifícios e Obras   Públicas da Secretaria dos Serviços Públicos  do  Estado de São Paulo, período de  maio  a dezembro de 1972; Atos Administrativos, realizado      na Secretaria de Administração de  Pessoal do Estado de São Paulo,   durante o mês de agosto de 1976; Normas para Organizações e  Tramitação de Documentos, realizado pela divisão de Administração de Pessoal   da  Secretaria de Transportes, em Itapetininga,  no mês de abril de 1986 e o Curso de Orientação Familiar, "Tóxico – Sem Essa",  realizado na Associação Cristã de Moços – ACM de Itapeva em junho de 1989.

Nos anos de 1977 a 1978 fez parte da Diretoria da Casa   da Criança, a convite da referida diretoria.  Foi um dos fundadores do lar de Amor e da Creche São  Benedito, nos anos de 1978 a 1979, respectivamente.

Em sua vida religiosa participou da diretoria  da comunidade da sagrada família. Na sua vida social participou por várias gestões da diretoria do Itapeva  Clube nos Departamentos, Social e esportivo.

Amante dos  esportes foi  diretor  de Esportes da Comissão Central de  Esportes da época,   o qual trabalhou com vários  Secretários.

Desenvolveu na Associação  Cristã de Moços – ACM,  logo após sua fundação em 1984,  vários serviços em diversos departamentos,   sendo um deles a Diretoria. No ano de 1991  foi eleito o 6º. Presidente daquela entidade, após cumprir sua gestão voltou a  fazer  parte da diretoria.

Foi nomeado como primeiro Juiz Disciplinar e  Desportiva Musical da Secretaria Municipal de Esporte e Turismo-SEMETUR, a qual foi  criada  no ano de 1989.

 Na Secretaria Municipal de Promoção Social fez  parte  do Conselho Municipal   dos Direitos da Criança  e Adolescente, durante 02 anos, de 2003 a 2005.

Em junho de 1997, Carlinhos  Chueiri  montou uma exposição  fotográfica na Casa da  Cultura Cícero Marques,  intitulada  "O Atleta  através dos Tempos", no qual homenageou todos os atletas itapevenses em todas as modalidades  da década de 30 a 90.  Itapeva sentiu-se homenageada, através de seus filhos.

Em  setembro de 2006 aconteceu outra amostra  do Carlinhos   Chueiri, também na referida Casa da Cultura com o título "Recordando  Épocas  e Momentos Felizes" que, através de fotos, mostrava personalidades  em diversas faixas atarias que fizeram o progresso de nossa  querida  Itapeva.  Essa exposição estava inserida na programação das festividades  dos 237 anos do município. Nas duas  ocasiões, Carlinhos recebeu  votos de congratulações  da Câmara Municipal de Itapeva.  Da Assessoria de Imprensa da Câmara


 

Compartilhar

Notícias relacionadas