CCR SPVias realiza Acorda Motorista na Rodovia Castello Branco, em Tatuí

Evento finaliza comemorações dos 50 anos da inauguração da SP 280 – Amanhã, 30 de novembro, último dia do mês, a CCR SPVias, empresa fiscalizada pela ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), encerra suas comemorações dos 50 anos da inauguração da Rodovia Castello Branco (SP 280).

Para isso, será realizado o evento educativo “Acorda Motorista”, que possui o objetivo de alertar os caminhoneiros que trafegam pelas rodovias sobre os riscos de dirigir cansado.

Entre 1h e 5h, equipes de atendimento da Concessionária e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) estarão no km 134,7 da SP 280, em Tatuí, abordando os motoristas e oferecendo frutas, chocolate quente, café, bolachas e materiais educativos sobre saúde e segurança viária.

Os participantes também poderão aferir a pressão arterial e aprender exercícios de ginástica laboral, que podem ser praticados com o auxílio do caminhão.

SERVIÇO

Acorda Motorista

Dia: 30 de novembro de 2018

Horário: 1h às 5h

Local: Posto Geral de Fiscalização da CCR SPVias – km 134,7 da Rodovia Castello Branco (SP 280) | Tatuí/SP

50 anos da Rodovia Castello Branco

A Rodovia Castello Branco (SP 280), uma das mais importantes vias do Estado de São Paulo, que foi projetada para ser grandiosa e levar desenvolvimento para o oeste paulista, está comemorando nesse mês de novembro 50 anos desde a inauguração da sua primeira etapa, entre São Paulo e Torre de Pedra, em 10 de novembro de 1968.

As etapas seguintes dessa rodovia foram entregues em janeiro de 1971, entre Torre de Pedra e Avaré, e em abril de 1992, até Santa Cruz do Rio Pardo.

Na década de 90, mesmo depois da sua conclusão e de já estar figurando entre as melhores estradas do Brasil, a Rodovia Castello Branco tinha potencial para se tornar ainda melhor. E foi nos anos de 1998 e 2000 que ela foi concedida, respectivamente, à ViaOeste (km 13,4 ao km 79,3) e à SPVias (km 129,6 ao km 315), atualmente administradas pela CCR Infra SP, empresa do Grupo CCR que é responsável pelas concessões das rodovias do Estado de São Paulo.

No trecho administrado pela CCR SPVias, entre Tatuí e Santa Cruz do Rio Pardo, as mudanças foram muito significativas, tanto para o usuário que trafega pela rodovia quanto para os moradores das cidades lindeiras.

Sobre a CCR SPVias: A CCR SPVias opera uma das maiores malhas rodoviárias do Estado de São Paulo, com 516 quilômetros de rodovias que ligam os municípios de Tatuí, Espirito Santo do Turvo, Araçoiaba da Serra, Itapetininga, Avaré, Itaí, Capão Bonito e Itararé. Fazem parte do sistema as rodovias Castello Branco (km 129 ao 315), Raposo Tavares (km 115 ao 168) João Mellão (km 237 ao 288), Francisco Alves Negrão (km 222 ao 342), Antonio Romano Schincariol e Francisco da Silva Pontes (km 105 ao 213).

Sobre o Grupo CCR: Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.265 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, tendo participação de 34,25% na STP, que opera o serviço de cobrança automática de pedágios e estacionamentos. O Grupo CCR também atua no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e, em 2015, faz parte da carteira teórica do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), da BM&FBovespa, pelo quarto ano consecutivo. Emprega, atualmente, cerca de 13 mil colaboradores.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de