Colégio Fafit Objetivo adere à campanha de conscientização pelo autismo

Com balões, camisetas e fitas azuis, a Instituição Itarareense de Ensino através do Colégio Fafit Objetivo, recebeu seus mais de 200 alunos a fim de lembrar o dia 2 de abril, Dia Mundial na Conscientização do Autismo.

Instaurado há oito anos pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial de Conscientização do Autismo é comemorado em diversas cidades ao redor do mundo com o intuito de conscientizar a sociedade a respeito desta complexa síndrome, para que haja mais diagnósticos, mais tratamento, mais respeito e menos preconceito. Para isso foi adotada a cor azul, por ter uma relevância bem maior em meninos que em meninas (4 para 1).

Conforme o secretário-geral da ONU, Ban ki-Moon, os indivíduos com autismo têm um enorme potencial. “A maioria tem notáveis habilidades visuais, artísticas e acadêmicas. Graças ao uso da tecnologia, pessoas não-verbais podem se comunicar e compartilhar suas capacidades ocultas. Reconhecer o talento de pessoas no espectro do autismo, ao invés de focar em seus pontos fracos, é essencial para a criação de uma sociedade verdadeiramente inclusiva”, afirmou Moon.

“Esta é uma síndrome comum, porém ainda desconhecida por falta de informação, portanto, independente da data, é importante ser lembrada e discutida. Estamos fazendo isso dentro do Colégio Fafit-Objetivo, pois entre nossos alunos, temos um caso de autismo e, como educadores, precisamos não somente dentro da nossa instituição de ensino, mas na sociedade, ter atitudes que melhore a qualidade de vida de pessoas autistas”, disse a diretora do Colégio, professora Giovana Gusmão.

O dia foi marcado por diversas atividades de conscientização com os alunos do período da tarde. Durante o mês de abril, todas as sextas-feiras, professores e funcionários do Colégio Objetivo de Itararé usarão uma camiseta azul para lembrar essa importante causa. (Da assessoria de imprensa da FAFIT)

Compartilhar

Notícias relacionadas