Concurso da PM oferece 2,6 mil vagas para soldado temporário

A Polícia Militar de São Paulo abriu 2.682 vagas para soldado temporário. Os postos estão divididos na Capital e em 133 cidades do Interior e Grande São Paulo. Os ganhos são de dois salários mínimos (estadual), que equivalem hoje a R$ 1.060,00. Os interessados devem preencher ficha de inscrição no site  http://www.vunesp.com.br até as 16 horas do dia 9 de novembro. As vagas são destinadas a homens e mulheres, com idades entre 18 e 23 anos.

O valor da taxa de inscrição é R$ 15,00. Há possibilidade de abatimento da taxa para casos específicos, conforme publicado no edital do concurso, também disponível na página da Vunesp e publicado no Diário Oficial do Estado do dia 21 de outubro. 

A avaliação será realizada em quatro etapas. A primeira é a prova de escolaridade, de caráter eliminatório, composta por cinquenta questões de língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais. Nessa avaliação, classificam-se os candidatos que obtiverem um mínimo de 50 pontos. O número de classificados é limitado ao dobro da quantidade de vagas de cada município. Cada questão vale dois pontos.

A segunda etapa é a prova de condicionamento físico, de caráter classificatório. Nela, os candidatos serão avaliados em uma corrida de 12 minutos. A terceira é a investigação social, para analisar se a vida pregressa e atual dos candidatos é compatível com o perfil desejado para a PM. E, por fim, a quarta e última, composta por uma análise de documentos que comprovem a condição do postulante à vaga.

A prova de escolaridade está prevista para ser realizada no dia 29 de novembro, às 14 horas. Porém, é aconselhável que os candidatos entrem regularmente no site da Vunesp para confirmação de data, horário, e local de prova no edital de convocação, que também será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Os aprovados assinam um contrato de um ano, prorrogável por igual período. Nos primeiros três meses, o auxiliar voluntário permanece em treinamento. Tendo desempenho satisfatório, ele recebe a tarjeta de soldado temporário.

Da Secretaria de Segurança Pública

 

Compartilhar

Notícias relacionadas