Coronel Macedo-SP se destaca em Meio Ambiente e conquista o 1º lugar no PMVA entre os 36 municípios da Bacia Hidrográfica do Alto Paranapanema

A Prefeitura de Coronel Macedo (SP) recebeu, depois de 10 anos, o troféu e o selo do programa Município Verde/Azul (PMVA) e o troféu Franco Montoro por ter ficado em 1º na Bacia Hidrográfica Alto do Paranapanema. O evento, realizado em São Paulo (SP), nesta quinta-feira (05), contou com a presença de representantes de 154 municípios paulistas.

Alguns integrantes da gestão também participaram. O prefeito, José Roberto Santinoni Veiga “Betinho”, não pode estar no evento devido a entrega das 147 casas do CDHU no município.

Mas foi graças ao empenho do prefeito “Betinho” e sua equipe que Coronel Macedo mais uma vez foi certificado com a pontual de 82,75 pontos ficando em 67º colocação no estado. Vale lembrar que em 2013 ficou em 349º, 2014 ficou em 550º, 2015 ficou em 542º e 2016 ficou em 522º.

Quando o prefeito José Roberto Santinoni Veiga “Betinho” e a vice-prefeita Miltes Tonon assumiram a gestão de 2017 a 2020 a prioridade foi capacitar os funcionários do Departamento de Meio Ambiente e dar apoio para desenvolvimento das diretivas que são no total de 85 tarefas. E esse ano Coronel Macedo conseguiu atingir o objetivo que é certificar, haja vista que a evolução foi grande. Isso mostra o comprometimento da Administração com a Gestão ambiental.

O Programa – Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul (PMVA) tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado.

As ações compõem as 10 diretivas norteadoras da agenda ambiental local e abrangem vários temas estratégicos para a preservação do meio ambiente.

A equipe técnica do PMVA oferece capacitação técnica aos interlocutores indicados pela municipalidade. E ao fim de cada ciclo publica o “Ranking Ambiental dos municípios paulistas”.

“Nós temos o dever de fomentar políticas públicas de desenvolvimento sustentável. Este programa nos aproxima das prefeituras para entendermos suas demandas e unirmos esforços. É a oportunidade de inovar e disseminar ações entre as cidades”, afirmou o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente Marcos Penido.

Em 2019, foram capacitadas 384 pessoas em 151 municípios nas diversas regiões do estado. Durante os trabalhos, os interlocutores votaram sobre a mudança do calendário do programa para evitar coincidência de datas com as eleições municipais.

“A dedicação dos interlocutores e suplentes é o cerne deste programa contínuo de respeito ao meio ambiente e às pessoas”, disse o coordenador do PMVA, José Walter Figueiredo.

Outras cidades que receberam o troféu Franco Montoro foram Itu (93,39), Santo Antônio da Alegria (90,04), Santa Fé do Sul (89,91), Presidente Prudente (91,26), Bragança Paulista (94,74), Junqueirópolis (87,31), Ribeirão Preto (90,60), Guararema (90,70), Sertãozinho (91,47), São Pedro do Turvo (92,57), São Bento do Sapucaí (86,76), Penápolis (86,90), Itanhaém (89,65), Mogi das Cruzes (86,26), Coronel Macedo (82,75) e Gabriel Monteiro (89,60).

Compartilhar

Notícias relacionadas