Criação da Guarda Mirim: 1ª reunião coroada de sucesso

Irá demorar um pouco para entrar em funcionamento – Foi realizada com sucesso na tarde desta quinta-feira (24/11), no CRAS/CDHU, a primeira reunião para fundação da Guarda Mirim de Itaporanga. Depois de cumpridas as formalidades legais de registro, a próxima reunião será daqui a 30 dias, para eleição da diretoria executiva e conselho fiscal.

Estiveram presentes o prefeito eleito Vilson Aparecido Rodrigues ‘Cachetão’, sua esposa Luciana Leite Rodrigues, o vice-prefeito Douglas Benini, os colaboradores e principais articuladores do projeto, Edilaine Elise Ferreira Leme e Patrick Cassiano Rosa, o comandante da Polícia Militar de Itaporanga, sargento Tobias Teodoro Nogueira, o pároco padre João Batista, o pastor Leonel, da Igreja Batista, professores e representantes de escolas e de órgãos e públicos, empresários, comerciantes, autônomos, pais, mães de interessados e público em geral.

Todos os que compareceram nessa primeira reunião constarão na ata de fundação da instituição, sendo considerados sócios fundadores, com direito a voto na próxima reunião, que deverá ocorrer daqui a 30 dias, depois de cumprido os registros e publicações legais, para a eleição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal

Alisson Riveli Ferreira, coordenador de Cultura e ex-presidente da Guarda Mirim de Itararé-SP
Alisson Riveli Ferreira, coordenador de Cultura e ex-presidente da Guarda Mirim de Itararé-SP

A apresentação do passo a passo do projeto foi feita por Alisson Riveli Ferreira, atual coordenador de Cultura e ex-presidente da Guarda Mirim de Itararé, que gentilmente se prontificou a colaborar com Itaporanga para a criação da Guarda. Ele contou também com a colaboração do sargento Francisco, que discorreu sobre as perspectivas e benefícios no âmbito da promoção humana para as crianças e jovens que vierem para instituição.

Nessa apresentação foram expostos os objetivos da futura Guarda Mirim de Itaporanga, dos meios para sua sobrevivência, como colaboração financeira de empresários, comerciantes, subvenções e repasses municipais, estaduais, federais, emendas parlamentares, participação de professores, assistentes sociais, psicólogos, promoções e eventos para angariar fundos, bem como das condições para admissão de seus integrantes:

a – Crianças e adolescentes de 10(dez) a 15 (quinze) anos na categoria Mascote;
b – Adolescentes e jovens de 14(quatorze) a 21 (vinte e um) anos na categoria de Aprendiz, do Programa de Formação para a Vida e Trabalho, tudo dentro da legislação trabalhista.

Para isso, serão levados em conta e dado prioridade de ingresso aos perfis das crianças e adolescentes, as quais, em resumo, estão em condições de vulnerabilidade social e econômica.

Nesse encontro, Riveli tratou também de informar como devem ser elaborados os documentos, atas, estatutos, registros, publicações oficiais, para a obtenção da declaração de instituição de utilidade pública nas esferas municipal, estadual e federal, para fins de celebração de convênios e obtenção de recursos para manutenção da Guarda.

Além disso, a Guarda necessitará de um imóvel, um espaço físico, o qual poderá ser cedido por órgãos públicos ou alugados.
O primeiro passo foi dado com sucesso, mas existem mais etapas a serem cumpridas, para só depois a Guarda Mirim entrar em funcionamento.

Prefeito eleito Vilson Aparecido Rodrigues 'Cachetão'
Prefeito eleito Vilson Aparecido Rodrigues ‘Cachetão’

Finalizando o encontro, o prefeito eleito ‘Cachetão’, que é maior interessado no projeto, agradeceu a presença de todos e aos articuladores que se mexeram e correram atrás para viabilizar essa reunião e os próximos passos para concretização do projeto. “A nossa posse como prefeito será no dia 1º de janeiro, mas já estamos trabalhando para adiantar as coisas. Da nossa parte, tudo o que estiver ao alcance do prefeito para este projeto será feito. E o nosso povo e o comércio itaporanguense são solidários, e tenho certeza que vão colaborar também pra que tudo dê certo, para que juntos possamos oferecer os meios de promoção para a vida e trabalhos melhores das nossas crianças, jovens e adolescentes”, encerrou ‘Cachetão’ .

Compartilhar

Notícias relacionadas