Dia Mundial do Meio Ambiente: Catadores de recicláveis desta região participaram da “Carrinhada” em Sorocaba

Cerca de 300 catadores e catadoras de materiais recicláveis das cooperativas atuantes em vinte municípios das Regiões de Sorocaba e Itapeva que integram a Rede Solidária Cata-Vida saíram às ruas de Sorocaba, na manhã dessa quinta-feira, dia 5 de junho, na tradicional “Carrinhada” em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

A atividade organizada pelo Ceadec – Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania, conjuntamente com os catadores, acontece há mais de uma década em Sorocaba e tem por objetivo chamar a atenção da população sorocabana para a importância da preservação e conservação do meio ambiente e da prática da coleta seletiva dos materiais recicláveis.

A Carrinhada deste ano foi marcada como um ato em defesa da implantação de programas municipais de coleta seletiva com a inclusão dos catadores e catadoras organizados em cooperativas na região de Sorocaba e o devido pagamento pelos serviços públicos prestados por esses trabalhadores, em sintonia com os princípios e diretrizes da Lei Federal nº 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A Lei determina que a partir de agosto de 2014, somente os materiais que não sejam passíveis de reutilização e reciclagem poderão ser encaminhados aos aterros sanitários. Ou seja, a coleta seletiva deve ser prioridade nos municípios e deverá ser implantada com a participação das cooperativas de catadores de materiais recicláveis.

Os catadores e catadoras da Coopera Fartura – Cooperativa de Trabalho dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis de Fartura participaram do evento fortalecendo a luta dos catadores de Sorocaba pelo pagamento pelos serviços prestados, que já é realidade no município de Fartura. “O nosso trabalho é muito lindo e merece ser reconhecido. Em nome de todos os catadores da Rede e da Coopera Fartura agradeço o Prefeito de Fartura que reconheceu o nosso trabalho e, se Deus quiser, no ano que vem eu estarei aqui para agradecer também o prefeito de Sorocaba, porque eu tenho certeza que ele vai ajudar”, comentou a catadora Lucineia Aparecida Meneguel durante a Carrinhada.

A catadora da Coopera Fartura, Vanessa Elizangela Domingues de Souza, também reforçou a necessidade de reconhecimento do trabalho do catador: “Em muitos lugares o catador ainda é desvalorizado. Nosso trabalho em Fartura está sendo valorizado pela Rede Cata-Vida e pelo Ceadec, tem quem valorize, nós vamos passar bastante coisa positiva para os outros municípios, pois estamos bem melhor que outras pessoas em condições financeiras. Então isso vai fortalecer nosso trabalho mais ainda.”

O catador Pedro Rodrigues Lopes, presidente da Cosel – Cooperativa de Trabalho dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis de Riversul ressaltou a importância da união dos catadores em Rede. “Todas as cooperativas não estão sozinhas, estão todos unidos para buscar o melhor, todo mundo é uma família.”

O secretário de meio ambiente do município de Coronel Macedo, Vilson Leonel, também reforçou a importância do trabalho dos catadores. “Hoje é um dia muito importante, dia do meio ambiente, mais importante ainda é o dia dos senhores catadores e catadoras que fazem a limpeza do nosso município, se não fossem os catadores, os aterros sanitários estariam entupidos. Graças aos catadores e catadoras, os municípios estão aumentando a vida útil dos aterros sanitários, gerando mais saúde e um ar mais limpo. Eu agradeço a todos e à Rede Cata-Vida a qual a nossa cooperativa é a mais nova integrante. Não podemos deixar que isso seja só começo, em nome do prefeito, eu, como secretário de meio ambiente, trago a incumbência de dizer aos catadores de Coronel Macedo  que, em breve esteja concluída a constituição jurídica da cooperativa, estarão recebendo uma contribuição da prefeitura municipal que vai passar pela Câmara para todos os catadores e catadoras de Coronel Macedo.”

O nome “Carrinhada” se originou do fato dos catadores saírem às ruas anualmente com os seus carrinhos em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Desde o ano de 2005, com o processo de humanização da coleta seletiva promovida pelo Ceadec junto aos catadores, a Carrinhada deixou de ser realizada com carrinhos, a exemplo dos catadores que passaram a realizar a coleta seletiva com caminhões. Mas o nome permanece como símbolo dessa importante história de luta e perseverança na vida desses trabalhadores e trabalhadoras.

A Rede Solidária Cata-Vida, existe desde 2001 e atualmente é integrada por 380 catadores de materiais recicláveis organizados em cooperativas atuantes nos municípios de Sorocaba, Capão Bonito, Itararé , Itapetininga, Guapiara, Pilar do Sul, São Miguel Arcanjo, Piedade, Salto de Pirapora, Itapeva, Riversul, Campina do Monte Alegre, Boituva, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Araçoiaba da Serra, Fartura, Taguaí, Itaberá e Coronel Macedo. (Da Assessoria de Imprensa do Ceadec – Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania)

Compartilhar

Notícias relacionadas