Educação: entrega de material em Botucatu completa revolução na Rede Municipal

O que era bom conseguiu ficar melhor ainda. Não bastassem iniciar o ano letivo totalmente uniformizados, incluindo até um par de tênis , os mais de 14 mil alunos da Rede Municipal de Ensino agora contam com cadernos, lápis e canetas, régua, tesoura e inclusive mochila. Esta verdadeira revolução na educação de Botucatu ganhou um novo capítulo…

 
na noite desta quarta-feira [9], em evento organizado no ginásio da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Angelino de Oliveira”, onde na frente de centenas de pais e funcionários da Secretaria da Educação, a Prefeitura, pela primeira vez na história, entregou os kits de material básico escolares, totalmente gratuitos, e que serão utilizados pelos estudantes da Rede Municipal em 2011.
Prefeito João Cury entrega a mochila nova com materiais a um aluno

Foram distribuídos três tipos de kits [veja abaixo o que contém cada kit], de acordo com a modelagem em que o aluno está matriculado: Ensino Infantil, Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), e programas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Educação Especial. Foram investidos pela Prefeitura R$ 600 mil na aquisição de materiais de uso pessoal diário e mochilas.
Anfitriã do evento, Edileine Fernandes Henrique, diretora da Angelino de Oliveira, em poucas palavras, foi só elogios a mais esta iniciativa inédita da Prefeitura de Botucatu. “Em mais de 22 anos como funcionária da Prefeitura nunca havia visto tanto investimento na Educação. É ótimo quando vemos que os impostos que pagamos são revertidos desta maneira às nossas crianças”, diz.

O presidente da Câmara, André Rogério Barbosa [Curumim] e o vereador Reinaldo Mendonça Moreira [Reinaldinho] enalteceram a participação do Poder Legislativo na aprovação dos projetos apresentados pelo Executivo e que têm beneficiado diretamente os alunos municipais. “Como na entrega dos uniformes, a Câmara também teve papel importante na aprovação da compra desses kits escolares. Ações como esta nós seremos sempre parceiros”, discursou Curumim. “Em governos passados não víamos o mínimo na Educação ser investido e ser transformado em benefícios como materiais escolares e uniformes aos nossos alunos. Quando o dinheiro público é bem gasto, como estamos vendo agora, quem ganha é a comunidade”, completou Reinaldinho.

A entrega de kits escolares, mais do que a realização de um sonho, é o cumprimento de uma meta audaciosa da Grande Arrancada da Educação, lançada em 2009 pelo Poder Público Municipal. Diante de outro compromisso realizado, o secretário da Educação, Narcizo Minetto Júnior, não perdeu a oportunidade de agradecer o esforço de todos os profissionais da Rede Municipal na execução de mais um projeto bem sucedido revertido às crianças e jovens de Botucatu.

Outro ponto destacado pelo secretário é o fato da entrega gratuita dos kits aliviar o orçamento das famílias mais carentes. “O pai e a mãe deixarão de ter esse gasto. Há famílias com três, quatro crianças na escola e a compra do material escolar acaba pesando muito. Para nós é uma grande alegria poder concretizar mais esse sonho, beneficiando principalmente aqueles que mais necessitam”, argumentou.
Visivelmente emocionado, o prefeito João Cury Neto fez questão de entregar os primeiros kits aos alunos e diretoras das 42 escolas coordenadas pelo Município. E mais uma vez, em seu discurso, fortaleceu o compromisso que seu governo tem na educação de Botucatu.

“Temos que fazer o que a dona de casa faz, ou seja, elencar as prioridades de casa. E nossa prioridade é a educação. Não há outro caminho para o desenvolvimento. Por isso foi uma questão de honra fornecer uniforme e material de graça aos nossos alunos”, comentou o prefeito, que continuou: “Por incrível que pareça, ainda registramos injustiças nas nossas escolas. É um aluno que ainda usa o toquinho de lápis ou rasga as folhas usadas no caderno do ano anterior porque não pode comprar um material novo para começar as aulas. O mesmo acontecia quando nossos alunos não tinham uniformes para cada dia da semana. Padronizamos tudo e, assim, estamos tentando diminuir aos poucos essas desigualdades sociais e iniciando uma verdadeira revolução que queremos perpetuar na educação da Cidade”, finaliza.

Mão de três filhos matriculados em escolas municipais, Maria de Lourdes do Amaral Pereira, de 36 anos, se surpreendeu com a qualidade dos materiais. “E comprar material escolar para três, pesa no orçamento. Isso porque tenho um quarto filho de 3 anos que também vai começar a frequentar a creche da Prefeitura. O bom é que o kit veio bem caprichado. Na minha época de escola não tinha nada de uniforme novo e material de graça”, testemunhou.

Confira o conteúdo de cada kit escolar:
KIT Ensino Infantil
Estojo, caderno de desenho, lápis de cor, giz de cera, canetinhas hidrográficas, borracha, apontador, dois lápis, tesoura, cola, tinta para pintura a dedo, tinta para artesanato, tinta guache, massinha para modelar e mochila.
KIT Ensino Fundamental – Ciclo I
Estojo, caderno de caligrafia, caderno de desenho, lápis de cor, giz de cera, canetinhas hidrográficas, borracha, apontador, duas canetas azuis, duas canetas vermelhas, dois lápis, tesoura, régua e mochila.
KIT Ensino Fundamental  – Ciclo II
Estojo, dois cadernos, caderno de desenho, lápis de cor, giz de cera, canetinhas hidrográficas, borracha, apontador, duas canetas azuis, duas canetas vermelhas, dois lápis, tesoura, régua, compasso, esquadro, transferidor e mochila. (Da Secretaria Municipal de Comunicação)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas