Em Guarei, Alckmin inaugura sistema de esgoto e estrada pavimentada

Alckmin inaugura sistema de Esgoto em GuareiAlckmin também inaugurou as obras da Rodovia Aristides da Costa Barros (SP-157) – O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta quinta-feira, 19, o sistema de esgotamento sanitário de Guareí, composto por duas estações elevatórias de esgotos, uma estação de tratamento de esgotos e 5,4 quilômetros de tubulações. "Guareí sai de 0% de tratamento de esgoto pra 100% do esgoto coletado e

tratado. Isso limpa o Rio Guareí, o Rio Guarda Mor e, por consequência, ajuda a limpar a Bacia do Paranapanema. Então, esta obra tem importância de Saúde Pública, que afasta o esgoto das casas, limpa, trata o esgoto", afirmou o governador.
Com capacidade para tratar 66 litros por segundo de esgotos, o sistema é composto por uma estação de tratamento, duas estações elevatórias de esgotos e 5,4 km de tubulações (coletores, emissários e linhas de recalque).

A Sabesp investiu R$ 6,74 milhões em obras que vão beneficiar diretamente 8,7 mil habitantes e também terão efeitos diretos sobre a qualidade de vida, a saúde da população, a preservação dos mananciais e do meio ambiente.
Com a conclusão das obras, Guareí caminha para ser mais um "município 300%" da Sabesp, com 100% de abastecimento de água, 100% de esgoto coletado e 100% dele tratado. A universalização na cidade é prevista para 2014.

Alckmin também inaugurou as obras da Rodovia Aristides da Costa Barros (SP-157) na cidade. Foram realizados recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos e alargamento da ponte sobre o rio Pinhal, situada no km 12,8. O investimento nas melhorias em 51,57 km de rodovia foi de R$ 74,3 milhões.
"Nós autorizamos os seis quilômetros que estavam faltando também serem feitos, que é da Castelo Branco até Porangaba. E aqui em Guareí, a duplicação do trecho urbano também da rodovia. Então, entregamos uma grande obra e já autorizamos mais duas obras aqui pra região", disse Alckmin.

Além disso, Alckmin inaugurou obras realizadas pelo Governo do Estado na região. As intervenções são de responsabilidade do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Logística e Transportes. O investimento na região é de aproximadamente R$ 150 milhões.

Compartilhar

Notícias relacionadas