Embriaguez ao volante preocupa; só neste mês PM registrou quatro casos

 

De acordo com o comandante da Polícia Militar de Itaporanga, sargento Tobias, só neste mês a corporação registrou quatro casos, o que é muito alto proporcionalmente ao número de habitantes do município (15.140 habitantes).

“Mesmo com as implicações de prisão, apreensão do veículo, fiança, pesadas multas e as complicações de um processo na Justiça por embriaguez ao volante, motoristas continuam ignorando a lei e colocando a sua vida e a vida de inocentes em risco. Está faltando responsabilidade e principalmente bom senso”, comentou o comandante que informou ainda que a PM continuará firme na fiscalização e combate dessa modalidade de crime também.

Veja os casos deste mês até sexta-feira(27):

No 1º de maio, o acusado DBN, 23 anos, estava embriagado em um baile no Recinto de Festas e ao manobrar o seu veículo acabou batendo em outro veículo, causando danos em ambos.

Diante disso os PMs cabos Vidal e Loureiro conduziram DBN até a Delegacia de Polícia para o registro de BO por embriaguez ao volante. Ele autorizou a coleta de sangue no hospital para exames toxicológico e dosagem alcoólica e foi liberado para responder em liberdade. O veículo também foi liberado mediante apresentação de um outro condutor habilitado.

No dia 14/05, durante fiscalização de trânsito na Avenida Santa Cruz, os PMs soldados Lara e Luiz deram ordem de parada para o condutor JF, de 24 anos, e este que conduzia um Fiat Pálio branco não obedeceu e fugiu, mas acabou abordado na Rua Benedito Messias de Rezende.

Apresentando sinais visíveis de embriaguez, foi convidado e aceitou fazer o teste do etilômetro, que registrou 0,60 mg/l. Diante disso recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido à Delegacia de Polícia para ciência e registro do fato. A autoridade policial ratificou a prisão e arbitrou fiança de R$ 937,00, que foi paga e ele liberado para responder o processo em liberdade.

No dia 16/05, na Estrada do Bairro Santo Antonio (Vicinal João Martins Cruz), a equipe PM composta pelos cabos Natal e Lafaete realizava patrulhamento e ao abordar um Ford Ka, notou que o condutor LJS, de 39 anos, ao apresentar os documentos apresentava sinais de embriagues, tanto que teve dificuldade ao descer do veículo e de ficar em pé.

Convidado para o teste do etilômetro, LJS concordou e o resultado doi de 1,12 mg/l. Recebeu voz de prisão e foi apresentado na Delegacia de Polícia para o registro do BO. A autoridade policial ratificou a prisão e arbitrou fiança de R$ 950,00.

Como a fiança não foi paga, a autoridade tomou as medidas administrativas cabíveis, onde o veículo foi apreendido e recolhido ao pátio da concessionária do Detran e ele, LJS, encaminhado preso para a cadeia pública de Piraju.

E, no dia 26/05, em patrulhamento pela Avenida Santa Cruz, a equipe PM cabos Natal e Lafaete deparou com um Fiat Strada branco e na fiscalização notou que o condutor ALP, de 31 anos, apresentava sinais de embriaguez, como dificuldade em falar e exalava forte odor etílico. Convidado, aceitou fazer exame clínico e acabou sendo conduzido à Delegacia de Polícia, onde o escrivão João Veiga tomou ciência do fato e elaborou o BOPC de embriaguez ao volante.

Como não foi apresentado outro condutor habilitado, o veículo foi recolhido ao pátio da concessionária do Detran

Compartilhar

Notícias relacionadas