Escola Vicente Russo realizou vários projetos

A Escola Coronel Vicente Russo do Amaral realizou vários projetos: Leitura e Escrita, Arte no muro, Cultura Local e outras datas comemorativas.
O trabalho de leitura e escrita foi desenvolvido do 2º ao 5º ano com os temas: cantigas populares, contos “Quem escreve um conto aprende um tanto”, fábulas, animais da mata Atlântica, animais marinhos e lendas, depois de serem trabalhados em sala de aula os mesmos foram expostos para os familiares apreciarem durante reunião de pais que ocorreu na escola no final de julho.

Arte no muro é um projeto desenvolvido pelas professoras de artes do 3º ao 5º ano, quais são trabalhadas obras de artistas famosos e reproduzidos pelos alunos, os trabalhos foram marcados apenas com um código que somente as professoras de artes sabiam de quem era o desenho, em seguida foram convidados professores de artes de outras escolas e funcionário que entende de arte, escolheram um desenho de cada aluno, como os espaços são 109, foi impossível colocar desenhos de todos, visto que a escola tem quase 600 alunos; os desenhos ficam no muro em média 3 anos, quando os alunos dos 1º e 2º anos terão oportunidade de participar antes de mudarem de escola.Brevemente estarão os desenhos no muro qual estão sendo reproduzidos pelo pintor Amauri com recursos da APM da escola.

O sub tema da Semana Cultural foi Cultura Local foram convidadas pessoas da sociedade para dar entrevista na escola. Sobre o tradicional desfile sete de setembro (Sr Nosor Castilho de Almeida), grupo Reviver da terceira idade (Tereza Roque), os violeiros, Marcelo, Grupo Emaús, etc.., após o trabalho em sala de aula foi feita uma coreografia com os alunos no dia 19/08 e exposição de trabalhos e fotos no Clube da Terceira Idade nos dias 20 e 22/08/2014.

As crianças, ao aprenderem algo com os idosos, adquirem respeito pela sabedoria adquirida, admiram os outros, valorizam a tradição e desejam para si esta sabedoria enriquecida pelos anos. O idoso, por sua vez, ao ensinar, renova seu conhecimento, ao percebê-lo através dos olhos infantis; revive as boas lembranças, consolida sua autoestima. No contato entre idosos e jovens verifica-se um enriquecimento mútuo: os idosos melhoram a atenção, a memória, a saúde e o humor; os jovens ganham em paciência e em humildade. Através da cultura, o conflito pode transformar-se em parceria, a tolerância dar lugar à integração dos novos passos no mesmo caminho antigo.

“A arte tem uma grande importância na educação escolar e em geral ela tem sob o seu ponto de vista, utilizando formas, cores, sons, movimentos, ritmo e cenário”; finalizou a diretora da escola Raquel Briene Ferraz de Almeida. (Da escola)

 

Compartilhar

Notícias relacionadas