Escotismo em Itaporanga caminha para consolidação

Abraço escoteiroLiderada por voluntários locais, a criação de um grupo de Escoteiros em Itaporanga, depois de cumprir as formalidades, já ganha forma. O Escotismo é uma organização mundial de educação extra-escolar, voluntária, que foi fundada pelo general inglês Baden-Powell (1857-1941). Originariamente o objetivo do movimento foi o de desenvolver, entre meninos e rapazes, um comportamento baseado em valores éticos, por meio da vida em equipe, do espírito comunitário, da liberdade responsável e do estímulo ao aprimoramento da personalidade, quer no campo individual, quer no campo coletivo. Depois se estendeu, aceitando a participação feminina.

O professor de Judô, Tadeu de Almeida explica que a idéia em Itaporanga não é nova e surgiu com o escoteiro Silvio Faustino de Siqueira, que em 23/05/1995 constituiu um grupo que já participava de atividades ligadas a natureza, acampamentos, reunião de jovens e campanhas de ajuda a sociedade, sem contudo participar da UEB (União dos Escoteiros do Brasil).

Denominado de “Panda”, sob a liderança de Silvio o grupo participava então de atividades como acampamentos com jovens e adultos, e de trabalhos voluntários em eventos festivos para arrecadar dinheiro para  entidades assistenciais como hospital, creche e asilo. 
 
A nova idéia de formar o escotismo no município, com grupo filiado a UEB e seguindo as normas oficiais,  deu-se quando a AIBK – (Associação Itaporanguense Butoku Kendokan de Educação, Esporte, Cultura, Lazer e Promoção Social) ofereceu ao grupo que tentava se formar,  a oportunidade de trazer os escoteiros para dentro da entidade e filiá-los a UEB através da AIBK que dispõe do aparato técnico e documentação necessária para levar o projeto adiante.

Em março deste ano, houve então uma reunião de Tadeu Almeida(presidente da AIBK), com a participação de adultos interessados, como Sadau Obuti, Silvio Faustino, Valter Luiz, Ademilson Soares, Aparecida Nunes, Filipe Lopes, Vanessa Araújo, Iara Felix, Abilio Rodrigues, Izolina SIlva, Chan e Paulo Yamaya.
 
Dando prosseguimento o grupo participou com os chefes de uma visita ao GE Ibiraci, de Itapetiniga-SP, em 7 de março deste ano e também dos seguintes cursos: Curso Informativo em 5 de abril/2009;  Curso AcamPE – Acampamento de Práticas Escoteiras para Chefes, em 19/abril/09. Estão programados os cursos Preliminar, no próximo dia 7 de junho, e  o Curso de Planejamento de Reuniões,  no dia 5 de julho de 2009, no 22º Distrito Escoteiro .
“Com as crianças já tivemos 2 encontros (reuniões), onde iniciamos o Projeto Educativo e as atividades escoteiras, mas ainda não haverá acampamentos, pois antes disto os Chefes terão que passar pelo Curso Preliminar e pelo estágio de 3 meses em outro Grupo Escoteiro filiado a UEB”, explica o professor Tadeu.

Com auxílio de escoteiro, criança caminha sobre corda suspensa

O grupo, denominado Gepanda, está organizado com as seguintes atribuições: Sadau Obuti (diretor presidente), Maria Aparecida Nunes da Silva (diretora administrativa), Filipe Lopes Ferreira (diretor financeiro), Tadeu Almeida (comandante dos chefes de Tropas e é chefe do ramo Lobo), Silvio Faustino de Siqueira (chefe da Tropa Sênior e é o chefe da Patrulha Sênior Xavante), Rita de Cássia Queiroz (chefe da Tropa Escoteira e é a chefe da Patrulha Escoteira Quati), Abílio Francisco Rodrigues (auxiliar de Patrulha Sênior), Vanessa Lopes Araújo (auxiliar de Patrulha Escoteira), Filipe Lopes Ferreira (auxiliar de Patrulha Escoteira), Valter Luiz Maciel (auxiliar da Seção Lobinhos).
 
Os demais participantes, cerca de 20, são juvenis que, juntos com os pais, auxiliam quando solicitados. Os demais adultos que não tem cargo de chefes ou na diretoria, ficam no apoio logístico.
 
O grupo está montando uma agenda de atividades e eventos para o 2º semestre, como: campanhas junto a sociedade, ao Rotary Club, a Igreja, a Prefeitura local e até em cidades vizinhas que enviou convites para participar de eventos festivos em seus municípios, e em ações ligadas a organismos de defesa do meio ambiente e proteção a vida selvagem.
 
O Gepanda se reúne nos domingos, às 14 horas, na sede administrativa da AIBK,na R. Monte Falco, 1245  e em breve terá também uma sede de campo, no Bairro Campinho.
 
Os uniformes são os oficiais estipulado pela UEB, cor Cáqui,lenço azul, de friso amarelo e branco, representando a Bandeira do Município. A diferença está somente nos lobinhos (7 a 10 anos) que usam uniforme azul,  e os chefes de Tropa (comandantes) que usam boina Preta.
Atualmente o GEPANDA é o único grupo escoteiro autorizado a praticar escotismo em Itaporanga (amparado pelo DECRETO Nº 5.497, DE 23 DE JULHO DE 1928), filiado ao 22º Distrito Escoteiro Itapetininga, a UEB Região São Paulo e a UEB Nacional.
 

Compartilhar

Notícias relacionadas