Esperteza livra agricultor Itaporanguense de sequestro no RS

Foragido, Vladimir usa o nome falsoDo Jornal Gazeta do Povo –  Atraído por um anúncio na internet de uma colheitadeira em média R$ 50 mil mais barato que o preço de mercado, um agricultor itaporanguense manifestou interesse, entrou em negociação com o vendedor (foto), mas, como muitas coisas relacionadas à legalidade do produto não batiam, acabou desistindo. Uma semana depois uma família paranaense acabou vítima de sequestro que terminou com morte.

A autora do anúncio em um site de máquinas agrícolas  é uma quadrilha especializada em dar golpes em agricultores. Ela vinha sendo investigada pelo Tigre, Grupo de Elite da Polícia Civil Paranaense. Confira reportagem do Jornal Gazeta do Povo, Curitiba-PR

Compartilhar

Notícias relacionadas