Está recorrendo na justiça: Erro de atleta leva a Casa de Carnes e Mercado Newton a perder o título de Campeão para o Sem Miséria

 

O zagueiro Júlio “Sorocaba”, da equipe Casa de Carnes e Mercado Newton, por ter cometido infração ao Regulamento do 25º Campeonato Municipal de Futebol de Itaporanga, ao jogar o campeonato como se ainda continuasse eleitor no município de Itaporanga, enquanto era eleitor em Taquarituba desde 05 de janeiro de 2017, acabou prejudicando a sua equipe toda com a perda do Título de Campeão do 25º Campeonato Municipal de Futebol de Itaporanga, conquistado por 3 x 2 na final realizada no dia 13 de agosto.

No começo do ano, Julio Sorocaba recebeu proposta para jogar um campeonato em Taquarituba, mas para isso deveria transferir o título de eleitor para lá, o que fez em 05 de janeiro. E com o Título de Eleitor antigo, de Itaporanga, se inscreveu pela Casa de Carnes e Mercado Newton para disputar o Campeonato Municipal desta cidade, sem que a diretoria ou qualquer um da equipe soubesse dessa fraude.

Ao tomar conhecimento da irregularidade só agora, ou se já sabia e aguardava o resultado do Campeonato, a equipe Vice Campeã, “Sem Miséria”, através de seu presidente Edilson Vieira da Silva, entrou com recurso junto à Comissão Municipal de Esportes, alegando que o atleta Júlio Sorocaba afrontou o art. 10 do Regulamento do Campeonato, que diz: “Só terá condições de jogo o atleta regularmente inscrito por apenas uma equipe e que seja eleitor no município de Itaporanga”, e que fosse aplicada a penalidade prevista no art. 31, que prevê: “A equipe que jogar com atleta irregular e vencer o jogo, perderá os pontos da partida pelo placar de 5 x 0”, e que diante disso a Casa de Carnes e Mercado Newton devia transferir o Título de Campeão, fazer a devolução do Troféu e do valor em dinheiro para ser repassado para a equipe do Sem Miséria FC.

A comissão acatou o recurso e aplicou o regulamento, condenando a Casa de Carnes e Mercado Newton à perda do título de Campeão do 25º Campeonato.

Atleta Júlio “Sorocaba”, após assinatura da inscrição na casa de Caco Antunes.

Por outro lado, a diretoria da Casa de Carnes e Mercado Newton, através do presidente Newton Aquiles da Rosa, e do diretor de futebol Caco Antunes, lamentam o ocorrido e provaram que não houve má fé por parte deles, tanto que desconheciam a irregularidade do atleta Júlio Sorocaba, pois este, ao se inscrever no dia 20 de janeiro, na casa do diretor Caco Antunes (foto exibindo ficha de inscrição) para participar no campeonato, apresentou o devido título de eleitor em Itaporanga, tendo inclusive, votado no município nas eleições de outubro de 2016.

“Gostamos das coisas certas e estávamos seguros da regularidade de todos os atletas, por terem apresentados os documentos exigidos pelo regulamento, no momento da inscrição. Se em qualquer momento do campeonato ficássemos sabendo disso, mesmo com uma eventual perda no desempenho da equipe, seguramente o atleta Júlio Sorocaba seria destituído da equipe. Levamos muito a sério o esporte, tanto que fizemos investimentos na nossa equipe. Entendemos que não é justo a nossa equipe toda ser penalizada por erro de apenas um atleta”, comentou o empresário Newton Aquiles da Rosa.

A equipe, considerando-se vítima por um ato irresponsável do referido, e inconformada com a decisão da Comissão Municipal, que ao julgar o caso, não levou em consideração os argumentos apresentados, pretende procurar seus direitos junto ao Poder Judiciário.

Compartilhar

Notícias relacionadas