Febre Amarela: devido à suspeitas na região, Itaporanga inicia já neste sábado vacinação na zona rural

 

Neste sábado, 4, primeiramente serão vacinados os moradores dos bairros mais próximos de Taquarituba, ou seja, bairros Pinga Fogo, São Sebastião, São Bernardo, Bairro dos Remédios, Santo Antônio e São Cristóvão. Outros bairros serão ainda neste mês, em data a ser agendada. Zona urbana não há necessidade.

Os que possuírem comprovantes da vacinação de 2009 não necessitam, neste momento, serem vacinados, pois a imunização é de 10 anos. As crianças já recebem a vacina junto com as demais obrigatórias.

Monitoramento da Secretaria de Saúde do Estado passou a considerar Itaporanga como área de risco e determinou a vacinação, devido a mortes de macacos nas imediações do município de Taquarituba. A causa das mortes desses animais ainda estão sendo investigadas, e por enquanto não se atribui à Febre Amarela.

“Diante do cenário atual dos casos de Febre Amarela, nosso município já sendo considerado como área de risco, a Divisão de Imunização do estado de São Paulo recomendou que seja feita a intensificação da vacina em toda a população da zona rural neste momento.
Esta atitude preventiva foi tomada diante dos casos suspeitos em seres humanos na nossa região e mortes de macacos em cidades vizinhas. Essas mortes dos animais estão em análises e por enquanto ainda há confirmação que foram de Febre Amarela”, explica em comunicado o secretário Sidnei César de Castilho.

Sidnei informa que diante disso a Secretaria Municipal de Saúde mantém a vacinação contra a Febre Amarela em todas as suas unidades de saúde (PSFs) em sua rotina e inicia neste sábado as atividades de intensificação da vacina na região dos bairros Pinga Fogo, São Sebastião, São Bernardo, Bairro dos Remédios, Santo Antônio e São Cristóvão. E seguirá com a vacinação para o restante dos bairros de toda a zona rural de Itaporanga no decorrer do mês, em data a ser agendada.

É importante lembrar que a febre amarela é uma doença infecciosa grave, transmitida por vetores e pode evoluir para insuficiência hepática e renal, podendo levar até morte. Ela é transmitida por mosquitos que vivem nas matas e na beira dos rios. Estes mosquitos picam macacos contaminados e depois picam pessoas, que adoecem. Por isso há relato de mortes de macacos nas regiões acometidas.

SINTOMAS – A febre amarela é uma doença febril aguda, não contagiosa, de curta duração (no máximo 12 dias), cuja letalidade varia de 5 a 10% nos casos oligossintomáticos (com poucos sintomas), podendo chegar a 50% nos casos graves (aqueles que evoluem com pigmentação amarela na pele e hemorragias).

O comunicado ressalta ainda que as unidades de Saúde de Itaporanga estarão abertas durante a semana, esclarecendo dúvidas e também realizando a vacinação caso seja necessário. Sendo assim, é importante que a população compareça e traga sua carteira de vacinação ou comprovante de vacina.

Compartilhar

Notícias relacionadas