FMB promoverá debate sobre o Provab

A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) promoverá, dia 9 de maio, durante reunião aberta da Congregação, a partir das 9 horas, um debate sobre o Provab (Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica). Foram convidados diretores, coordenadores de Residência Médica e lideranças estudantis de todas as escolas médicas do Estado de São Paulo, além de docentes, alunos e médicos residentes da FMB.

Foram convidados para expor o assunto e já estão confirmadas as presenças do Dr. Jérsey Tímoteo Ribeiro Santos, coordenador Geral do Provab do Ministério da Saúde; Irene Abramovich, responsável pela Comissão de Residência Médica da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e também representantes da Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp) – que são orientadores dos médicos que aderiram ao programa e estão atuando em Botucatu – e do Conselho Federal de Medicina (CFM).

O Provab prevê que recém-formados trabalhem por um ano na Estratégia de Saúde da Família de municípios carentes, recebendo uma bolsa mensal de R$ 8 mil e contando com a supervisão de instituições de ensino, com tutores presenciais e através da telemedicina. Após completar o período, o médico bem avaliado teria direito a um bônus de 10% ou de 20%, a depender do período dedicado ao programa, a ser acrescido sobre sua nota nos exames de Residência Médica.

A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve, na Justiça, quatro liminares para que faculdades de Medicina do Estado de São Paulo, inclusive a da UNESP, observem os critérios estabelecidos Provab, quanto à classificação final do processo seletivo de residência médica de 2014, conforme prevê a Resolução nº 3/2011 da Comissão Nacional de Residência Médica.

Sobre o Provab

Criado em dezembro de 2011, o Provab é uma das estratégias do governo para tentar fixar médicos em regiões com carência desses profissionais, como a Amazônia, o Nordeste e as periferias das grandes cidades. Em 2014 há 14 médicos do Provab atuando no Município de Botucatu, sob a supervisão à distância da equipe da Unifesp. (Leandro Rocha/Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB/Unesp)

Compartilhar

Notícias relacionadas