FMB/ Unesp consegue R$ 1 milhão para investir em pesquisa

Botucatu-SP – A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) foi contemplada, no final de 2010, com uma verba no valor de R$ 1 milhão vinda da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), através de chamada pública. Os recursos serão investidos em um sistema de purificação de água para o novo prédio da Unidade de Pesquisa Experimental (Unipex) da FMB e ainda na compra de um microscópio confocal (para visualização de estruturas muito pequenas). Foi a maior captação de recursos junto ao órgão de fomento em toda a universidade.


Ambos os projetos fazem parte da estruturação da Unipex. Segundo a presidente da Comissão de Pesquisa da FMB, professora Célia Regina Nogueira, a preocupação de dar prosseguimento ao processo de implantação da nova unidade de pesquisa experimental que fez a Pró-Reitoria de Pesquisa optar por enviar o pedido da Faculdade de Medicina à FINEP.

“Esse dinheiro é uma consequência do projeto da Unipex. É uma continuação do processo de estruturação da unidade”, justifica.

Sobre o microscópio confocal

Apesar do funcionamento do Microscópio Confocal ser semelhante ao do Microscópio de Fluorescência, o primeiro é utilizado para aumentar o contraste da imagem microscópica e construir imagens tridimensionais através da utilização de um orifício de abertura, pinhole, que permite uma grande definição de imagem em amostras mais espessas que o plano focal.

Esta técnica tem adquirido uma grande popularidade e possui diversas aplicabilidades na ciência, nomeadamente na obtenção de imagens de amostras vivas e de informação computadorizada tridimensional na pesquisa biológica, na análise química e de materiais, principalmente na área de neuroanatomia e neurofisiologia. (Da ACI/HC/FMB/Unesp)

 

Compartilhar

Notícias relacionadas