Ford Mustang Mach 1 é puro prazer e emoção

Modelo é equipado com motor V8 de 483 cavalos-vapor de potência

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Sérgio Dias e Divulgação

A Ford reduziu a oferta de veículos vendidos aqui no Brasil. Hoje comercializa a Ranger, o Territory, o Bronco Sport e o Mustang Mach 1, que tem preço acima do meio milhão de reais (a partir de R$523.950,00) e que o Itaponews teve a oportunidade de conhecer e avaliar.

Considerado o modelo com motor V8 5.0 mais preparado para as pistas de todos os tempos, conta com design exclusivo, aerodinâmica refinada e vários aprimoramentos mecânicos e conta com peças dos icônicos Bullitt, Shelby GT350 e Shelby GT500. Seu nome Mach 1 é uma referência a medida padrão da velocidade do som: 1.235 km/h.

A quarta geração do Mustang Mach 1 que tivemos a oportunidade de conhecer e avaliar é focada em performance, desenvolvida para oferecer uma experiência incomparável na pista. Acelera de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos, tem velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente, e exibe um comportamento dinâmico fora do comum.

Seu conjunto formado por motor Coyote V8 5.0 e transmissão automática de dez velocidades e conta com uma calibração exclusiva que gera potência de 483 cavalos-vapor.

O Mach 1 tem também um novo conversor de torque, com trocas mais rápidas, e componentes de alta performance. Entre eles, estão a barra antitorção e o sistema de indução de ar “open air box” do Mustang Bullitt.

O coletor de admissão, o corpo de borboletas maior, o sistema de arrefecimento do motor e o radiador da transmissão vêm do Shelby GT350. Já o escapamento, o difusor traseiro, o conjunto de braços e buchas da suspensão traseira e o sistema de arrefecimento do diferencial traseiro são compartilhados com o Shelby GT500.

A suspensão adaptativa MagneRide, com fluido eletromagnético viscoso, também conta com uma calibração exclusiva que aumenta a performance na pista.

Dirigir o Mustang Mach 1 é uma experiência envolvente, que traz uma sensação única de potência e controle. Para isso contribuem os sete modos de direção – Normal, Esportivo, Esportivo+, Pista, Drag, Neve/Molhado e My Mode –, que adaptam as configurações do veículo para extrair o melhor desempenho em cada condição de pista.

Com um comando no painel, eles variam os parâmetros de: velocidade da troca de marchas, resposta do acelerador, atuação dos freios ABS, controle de estabilidade, ajuste da direção, suspensão adaptativa e ruído do escapamento.

O painel de instrumentos digital de 12 polegadas permite ao motorista personalizar cores e mostradores e dá acesso aos Track Apps, que inclui o marcador de 0 a 100 km/h e o Line Lock para “burn out”.

O escapamento com ajuste de válvula ativo oferece quatro níveis sonoros: silencioso, normal, esportivo e pista. O modo silencioso pode ser agendado, por exemplo, para não incomodar os vizinhos de manhã. Nos modos esportivo e pista o som fica mais encorpado, uma sensação incomparável para os fãs de performance.

O Mustang Mach 1 tem um estilo repleto de referências históricas, com uma releitura moderna que o torna único, começando pela faixa preta com friso colorido no capô e nas laterais. A esportividade das linhas é realçada pelo extenso trabalho de refinamento aerodinâmico, que faz o carro parecer colado ao chão.

A frente traz uma nova grade, com o emblema do cavalo no centro e dois grafismos redondos que remetem aos faróis auxiliares do modelo 1969. O para-choque também tem desenho exclusivo, com um novo difusor inferior e duas entradas de ar laterais para suprir os novos radiadores.

Na lateral, os grafismos nas portas e na região inferior da carroceria se conectam com o carro original, complementados pelo emblema Mach 1 no paralama dianteiro. As rodas de 19 polegadas com acabamento cinza brilhante deixam à mostra os freios Brembo. Os pneus são 255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira.

Na traseira, chama a atenção o novo aerofólio de perfil discreto e supereficiente, bem como o difusor com recortes triangulares e as quatro ponteiras de escapamento integradas, trazidos do Shelby GT500. As lanternas são interligadas por uma faixa preta, com a assinatura Mach 1 no centro.

O novo assoalho é um item que fica fora da vista e tem uma função aerodinâmica importante: ajuda a direcionar o fluxo de ar para refrigeração do motor, da transmissão e dos freios quando o carro trabalha no limite.

O Mach 1 tem um interior esportivo e requintado, com cores e materiais de acabamento especialmente selecionados. A placa afixada no painel com o número de identificação de cada veículo reforça a sua exclusividade.

A cabine em estilo cockpit, com forte influência aeronáutica, é focada na ergonomia. Os comandos na direção e no painel, o painel de instrumentos digital, o câmbio e o console central contribuem para essa sensação de fuselagem de avião, inspirados em velocidade.

Os bancos fazem um tributo ao Mach 1 original, com recortes horizontais e um detalhe de cor contrastante no encosto – laranja na versão cinza Dover e em tom claro nas demais. O revestimento em couro perfurado serve também ao sistema de aquecimento e resfriamento, outro item de conforto.

Detalhes de metal polido e escurecido ajudam a criar um ambiente de apuro técnico e esportividade. A soleira das portas traz um desenho com a assinatura Mach 1 e iluminação que pode ser personalizada em sete cores. A luz de aproximação dos retrovisores externos com a projeção do ícone do cavalo no chão é um charme extra.

O Mach 1 foi feito para entregar alta performance nas condições mais extremas, como em pistas ou “track day”, e vem com um conjunto robusto de segurança. Ele tem freios dianteiros Brembo de 15” com pinças de alumínio, seis pistões de 36 mm e pastilhas desenvolvidas para as pistas.

Na parte de segurança autônoma, é equipado com alerta de colisão com detecção de pedestres e frenagem de emergência, assistente de permanência em faixa e alerta de fadiga. Tem ainda oito airbags (frontais, de cortina, joelhos e tórax), controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, câmera de ré com sensor de estacionamento, farol alto automático, sensor de chuva e monitoramento individual de pressão dos pneus.

O Mach 1 é o primeiro Mustang conectado da América do Sul, equipado com o sistema FordPassTM Connect que dá acesso a informações e comandos do veículo pelo celular. Como, por exemplo, travar e destravar portas com apenas um toque, de maneira remota, ou ingressar no veículo sem a chave.

O usuário também pode dar partida remota e ligar o ar-condicionado para deixar o carro na temperatura ideal, pronto para sair, muito útil para quem vive em lugares muito quentes ou frios. O sistema ainda envia notificação de alarme em tempo real e mostra a localização do veículo. Outra vantagem é não ser surpreendido por pneus com pressão baixa, usando o sistema de monitoramento.

O Mach 1 tem central multimídia SYNC 3 com navegação e comando de voz, que permite fazer e receber ligações sem tirar a mão do volante, além de conexão com Apple CarPlay ou Android Auto. O seu sistema de áudio premium da Bang & Olufsen oferece uma experiência acústica de altíssima qualidade, com 1.000 W de potência, 12 alto-falantes e subwoofer de 8 polegadas.

O Mustang Mach 1 é disponível em oito combinações de cores exclusivas. O cinza Dover traz faixas pretas com contorno laranja. Nos modelos branco Ártico, preto Astúrias e prata Orvalho, esse contorno é vermelho. Já no azul Indianápolis, laranja Astana, vermelho Arizona e amarelo Talladega o contraste é feito com o branco.

Confira um vídeo com o Mustang Mach 1 em

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments