Fraude para obter vacina por comorbidades: Governo de SP comunica ao Cremesp os nomes de 100 médicos envolvidos no esquema

Tolerância zero! O Governo de SP enviou ao Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) uma lista dos 100 médicos que mais emitiram laudos, exames e receitas médicas para a vacinação de pessoas com comorbidades. Esses profissionais serão investigados pelo órgão para a identificação de possíveis fraudes no processo de imunização no estado.

Esse levantamento faz parte de uma auditoria interna e do sistema de monitoramento de cadastro das pessoas que tomaram vacina no estado.

O sistema Vacivida permite que as unidades de saúde insiram o CRM do médico responsável pela emissão dos laudos de validação da comorbidade. Isso permitiu a identificação de quantidades suspeitas de atestados pelos mesmos registros profissionais.

Compartilhar

Notícias relacionadas