Governador reinaugura ginásio e pista do Ibirapuera com GP Internacional e homenagem a ex-atletas

Governo do Estado de São Paulo investiu R$ 27 milhões na modernização do complexo esportivo – O governador Geraldo Alckmin e o secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Jorge Pagura, reinauguram neste domingo, 22, o Ginásio Geraldo José de Almeida e a pista de atletismo do Estádio Ícaro de Castro Mello. Ambos fazem parte do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, mais conhecido como Ibirapuera. 


“Investimos cerca de 27 milhões na modernização e recuperação de todo complexo Constâncio Vaz Guimarães. O esporte é importante porque educa e disciplina, além de ser saúde”, observou o governador durante a inauguração. 

A pista de atletismo, que foi recapeada com piso de tartã alemão, já receberá no domingo o GP Internacional Caixa São Paulo 2011 (Meeting Internacional), organizado pela Confederação Brasileira e a Federação Paulista de Atletismo, com apoio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado. 

O piso da pista é igual ao utilizado no Estádio Olímpico de Berlim, onde Usain Bolt bateu o recorde mundial dos 100 metros. A marcação foi certificada pela IAAF (Associação Internacional de Atletismo). 

Na cerimônia de reabertura do Ginásio Geraldo José de Almeida foram homenageados com a “Medalha de Honra do Mérito Esportivo” atletas que nele obtiveram grandes conquistas, como Wlamir Marques, Amaury Passos e Hortência Marcari, do Basquete, Tiago Camilo e Aurélio Miguel, do Judô, Willian Carvalho da Silva e Ana Beatriz Moser, do Volei, Nelson Prudêncio e Wanda dos Santos, do Atletismo, e Eder Jofre, do boxe. 

Na quadra do ginásio, o piso de poliuretano auto-nivelante foi colocado sobre uma manta de borracha, a iluminação recebeu luzes próprias para transmissão em HDTV (inclusive no estádio), as cadeiras foram todas trocadas e o teto ganhou um revestimento termo acústico, com lona tensionada que ajuda a controlar a temperatura e o som interno e externo. Ainda em relação a acústica, 5.600 sonofletores tiveram suas placas trocadas para melhorar a qualidade do som interno. 

A quadra teve ainda aumentadas as suas dimensões, permitindo a realização de torneios de torneios de tênis sem comprometimento de público. 

O Ginásio Geraldo José de Almeida, inaugurado em 25 de janeiro de 1957, tem capacidade para 12 mil espectadores nas arquibancadas e salas de apoio para os atletas. Nunca havia passado por uma recuperação estrutural tão profunda, com a instalação, inclusive, de áreas de acessibilidade. 

Dois outros ginásios de treinamento também foram reinaugurados neste domingo: o Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, com aproximadamente 100 mil metros quadrados, é um dos maiores da América Latina. Além do ginásio e do estádio com pista de atletismo, abriga o Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo, o Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro, o Palácio do Judô, alojamento para 340 pessoas, três auditórios com cerca de 300 lugares, salas de condicionamento físico, três quadras oficiais de tênis, dois mini-ginásios poliesportivos e estacionamento. 

Já o Estádio Ícaro de Castro Mello, que abriga a pista de atletismo, tem capacidade para 13.400 espectadores. O Palácio do Judô, com capacidade para atender 500 pessoas, abriga treinamentos e competições de judô e vôlei. Orçadas em R$ 26,7 milhões, as obras do Constâncio Vaz Guimarães começaram em agosto de 2010. 

O Conjunto Aquático Caio Pompeo de Toledo, com piscina olímpica e outra para nado sincronizado e saltos ornamentais, deve ser reinaugurado em outubro deste ano. Ambas seguem os padrões da FINA (Federação Internacional de Natação Amadora). (Por Mário Serapicos, da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude) 

 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas