Governo anuncia duplicação de apenas 7,1 quilômetros na SP-255, e no trecho urbano de Avaré

_c57435O benefício atinge trecho pedagiado, que tem concessão da SPVias. Porém, ao que se sabe, sequer foi falado, nessa ocasião,  alguma coisa por parte do Poder Executivo Estadual sobre a luta da Frente Parlamentar pela duplicação por inteiro da SP-255, ou, no mínimo, sobre a construção de teiceiras faixas em pontos de grande perigosidade, entre…

o trevo da Raposo Tavares e Itaí, e desta até Taquarituba, Coronel Macedo e Itaporanga, justamente onde há um tráfego maior de caminhões pesados que escoam a grande produção agrícola desses municípios, bem como, devido a essa condição, tem grande movimentação de maquinaria agrícola.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo paulista, "o Projeto básico da obra já foi aprovado pela Artesp; próximo passo é a preparação do projeto executivo – O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quinta-feira, 14, durante visita à cidade de Avaré, que será realizada a duplicação de 7,1 quilômetros da Rodovia João Melão (SP-255), entre o km 254,3 e o km 261,4. O trecho é concedido à SPVias, que será encarregada de realizar a obra, sob a fiscalização e gerenciamento da Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo. “Essa duplicação irá evitar o crescimento do número de acidentes e vai colaborar para o crescimento econômico da região”, destacou Alckmin ao anunciar a obra.

O projeto básico para a duplicação do trecho já foi apresentado pela concessionária à Artesp. Os engenheiros da Agência avaliaram a necessidade e a viabilidade da execução da obra.

O próximo passo, já comunicado à SPVias, é a elaboração do projeto executivo, que terá o detalhamento de todo o projeto, mostrará como será realizada a obra e também os valores de investimento na duplicação. A etapa seguinte é uma nova análise técnica e econômico-financeira, antes de o projeto ser encaminhado ao Poder Concedente (Governo do Estado), que dará a permissão para execução da obra. O prazo de execução da duplicação é de 18 meses a partir da aprovação do projeto executivo.

Além de contribuir para a redução no número de acidentes, conforme foi destacado pelo governador Geraldo Alckmin, a duplicação também trará maior conforto ao usuário da rodovia. Com o aumento no número de faixas, o tráfego terá maior fluidez possibilitando ao motorista abreviar o tempo de viagem", informou a assessoria de imprensa.

Compartilhar

Notícias relacionadas