Gripe Suína: mulher de Itaí morre no HC de Botucatu

O Hospital  das Clínicas  da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) recebeu na manhã de segunda-feira, 3 de agosto, do Instituto Adolpho Lutz, a confirmação da segunda morte em decorrência do vírus Influenza A (H1N1) "Suína", também conhecido como "nova gripe". Trata-se de uma mulher de 46 anos, procedente da cidade de Itaí, que chegou em estado grave ao HC, dia 23 de julho, para procedimento de emergência e poucas horas depois veio a óbito.

 É a segunda pessoa atendida pelo Hospital das Clínicas que morre por contaminação da "nova gripe". Todos os outros exames que foram encaminhados ao Adolpho Lutz deram resultado negativo ou "gripe sazonal", ou seja, comum. Atualmente, seis pessoas estão internadas no hospital com sintomas que podem ser os do Influenza A (H1N1).

 Não serão divulgados outros detalhes sobre a paciente, devido à determinação do Ministério da Saúde que estabelece a não divulgação, pelos hospitais, de características que possam identificar o indivíduo contaminado pela doença ou que tenham morrido em decorrência dela. Além disso, a ética médica também prevê o sigilo sobre as informações referentes à privacidade dos pacientes.

 

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas