HC/Unesp começa a avaliar produção, desempenho e qualidade de seus serviços

Vista aérea da FMB/UnespA superintendência do Hospital das Clínicas, vinculado à Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), iniciou nesta quarta-feira, 10 de fevereiro, reuniões periódicas para apresentação de indicadores de produção, desempenho e qualidade dentro das mais diversas áreas e serviços oferecidos pela unidade, que é a maior unidade hospitalar vinculada ao SUS (Sistema Único de Saúde).

O HC da Unesp atende a mais de 1,5 milhão de pessoas. Realizou, em 2009, mais de 7.800 cirurgias e 247.734 consultas em ambulatórios. O hospital conta com 415 leitos e 52 de UTI (30 adultos, 15 neonatal e 7 pediátricos), 194 consultórios médicos e 31 salas especializadas realiza, em média, 2 milhões de exames, 600 mil consultas, 20 mil internações e 11 mil cirurgias por ano.

 O objetivo é preparar o hospital para avaliação externa da Secretaria de Estado da Saúde, através do SAHE (Sistema de Avaliação de Hospitais de Ensino) e outros serviços de acreditação e certificação de qualidade. Outro aspecto é que os indicadores monitoram e avaliam a eficiência da assistência prestada ao paciente.

Em um primeiro momento apresentaram os níveis de produção as enfermarias de Cardio-Tórax, Gastrocirurgia, Neurologia, Ortopedia/Plástica e Urologia. A ideia da superintendência é de que todas as unidades integrantes do hospital divulguem, até maio, as estatísticas referentes à sua área.

Segundo a vice-superintendente do HC, profª Irma de Godoy, a avaliação do desempenho hospitalar engloba a organização, recursos e metodologia de trabalho das equipes nos serviços oferecidos. “Perseguimos a ideia de que o HC possa ser submetido a comissões de certificação para constatação da qualidade de nossos serviços”, declarou.

Profª Irma ressalta ainda que tais estatísticas de produção darão parâmetros para ações de melhorias em setores que apresentarem deficiências ou números insuficientes. “Além de avaliarem a qualidade, os indicadores mostram relação com as atividades dos serviços de suporte, seus elos de ação e direcional para melhorias quando comparados e analisados no controle de qualidade”, ressaltou a vice-superintendente.

Uma das primeiras ações para a verificação da qualidade será a instalação de paineis na enfermaria de Ortopedia e na Farmácia do hospital, onde serão divulgados indicadores hospitalares e informações referentes ao processo de certificação de qualidade. A previsão, de acordo com a vice-superintendente, é que todos os setores tenham este tipo de quadro informativo.

As próximas reuniões estão previamente marcadas para os dias 24 de fevereiro; 10 e 24 de março; 15 e 28 de abril e 12 de maio. Inicialmente todos os encontros acontecerão no Anfiteatro do Departamento de Patologia da FMB, no campus da Unesp em Rubião Júnior.

 
 

Compartilhar

Notícias relacionadas