“Herança de Sofia”: Avaré aposta na produção de filmes

CARTAZDSC02305Avaré está começando a apostar na produção de filmes. Depois de “Hamer, o Detetive”, as realizações na área vêm crescendo cada vez mais, resultado da oficina de cinema ministrada na cidade. Documentários sobre a pintora Djanira, sobre a antiga

estação e sobre o escultor Fausto Mazzola a ser lançado no dia 15 de outubro, entre outros, já foram produzidos.

Entusiasmados com a realização de “Hamer, o Detetive”, os mesmos idealizadores – Milton Rigonatti (direção geral), João Ricardo Gambini (roteiro), Milton Rigonatti Garcia (co-roteirista) e Conrado Bannwart  (produtor executivo) -, lançaram no dia 24, o filme “Herança de Sofia”, no Cineclube Avaré (CAC), que bateu recorde de público, tendo que ser apresentado em várias sessões.

O filme é um média metragem produzidoem tecnologia HD, que foi realizado e editado em Avaré pelo Grupo Cinematográfico Vila Real, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Lazer.  A história é sobre uma família que herda uma propriedade muito antiga, afastada da cidade. Depois disso, coisas muito misteriosas começam a acontecer.
A família é composta pelo casal Edgard e Lígia, que tem dois filhos pequenos, Ivan e Sofia. A pequena garota deixa bem claro desde o inicio que não gosta da propriedade e que deseja mais que tudo deixar o lugar. Ela começa a ter visões e também sensações.

O filme “Herança de Sofia” conta ainda com direção de elenco de Nana Murback, música tema de Ronaldo Peres e Fernando Sanfa, fotos de Hilde Bannwar, assistência de produção de Lucas Dalcim e elenco: Isabela Campanha (Sofia), Izadora Nerlin (Dora), Izidoro Garosino (Edgard), Nana Murback (Lígia), Klaus Rigonatti (Ivan), Marcos (Tobias) e Milton Rigonatti (Pedro). (Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Avaré)

Compartilhar

Notícias relacionadas