Hospital de Itaporanga adota sistema de classificação de riscos para atendimento no Pronto Socorro

banner1

O Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga vem buscando continuamente o aperfeiçoamento e melhoria no atendimento da população que faz uso de seus serviços. Dessa forma, além do investimento que esta sendo feito para melhorias no espaço físico do hospital e na compra de novos equipamentos, o pronto socorro passou a adotar desde o dia 01 de Julho de 2013 o sistema de classificação de risco para os atendimentos.

De acordo com o médico Demétrio Morales, diretor técnico do Hospital, esse sistema é baseado na utilização de cores para classificar a gravidade de cada caso e, com isso, priorizar os atendimentos de urgências e emergências, agilizando assim a prestação do socorro para cada paciente.
   
O sistema de cores é baseado em protocolos reconhecidos internacionalmente e já utilizados em diversos países europeus e hospitais brasileiros de grande porte, como o Hospital das Clinicas de São Paulo.
   
"O paciente, ao procurar o pronto socorro, é submetido a uma triagem (avaliação) inicial pela equipe de enfermagem habilitada, que irá determinar a gravidade do caso de acordo com os sinais e sintomas apresentados pelo paciente e, com isso, a cor que aquele paciente vai receber na admissão, sendo VERMELHO para as emergências (atendimento imediato), AMARELO para as urgências (atendimento em ate 1 hora), VERDE para os casos pouco urgentes (atendimento em ate 2 horas) e AZUL para os casos não urgentes (atendimento em ate 4 horas ou encaminhamento para a UBS ou PSF)", explica Morales

"É muito importante que todos saibam que em uma emergência cada minuto faz toda a diferença. Dessa forma, o intuito é agilizar o atendimento para os casos mais complicados e graves, que não podem esperar, melhorando assim o fluxo de pacientes em nosso pronto socorro", ressaltou o Dr. Demétrio Morales.

b

banner2

Compartilhar

Notícias relacionadas