Itapeva: Educadores e alunos da rede Municipal prestigiam musicais do A Escola vai ao Teatro

Elenco a Princesa e a ErvilhaMais de dois mil alunos do sistema prestigiaram o musicalRitmos de Amor1

Na última semana, mais de dois mil alunos e cerca de mil e quatrocentos professores do Sistema Municipal de Ensino de Itapeva tiveram a oportunidade de prestigiar, respectivamente, os musicais ‘A Princesa e a Ervilha’ e ‘Ritmos de Amor’ na sede social do Itapeva Clube.

Produzidos pelos jovens do Ponto de Cultura ‘Jovem Cultura em Ação’ de Itapeva, os espetáculos encantaram a todos e trouxe à tona a incrível magia do teatro musical.

A Princesa e a Ervilha, voltada para a primeira infância, apresentou a saga de um príncipe que desejava se casar com uma princesa, mas uma princesa de verdade, de sangue real.

A peça cativou as crianças, que interagiram a todo tempo com os atores e, do começo ao fim, manteram os olhos fixos no palco. Atentos a cada detalhe da apresentação, os estudantes se demonstraram encantados com os personagens, luzes, coreografias e músicas da peça. O riso rolou solto.

Já os educadores tiveram a oportunidade de voltar no tempo e relembrar as canções da Jovem Guarda e dos ritmos de sucesso da década de 60.

Ninguém ficou parado. O musical embalou o público. Entusiasmante e envolvente convidou a todo para ‘entrar no ritmo’. E conseguiu.

O projeto – A atividade faz parte do projeto A Escola vai ao Teatro – uma parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) de Itapeva e o Ponto de Cultura ‘Jovem Cultura em Ação’, responsável pelos espetáculos – que tem por objetivo difundir o gosto pela arte e contribuir para a formação de cidadãos – educandos e educadores – com senso crítico, proporcionando aos estudantes o hábito de agir sobre os bens socioculturais nos padrões cênicos, contribuindo para uma educação de maior interesse pela arte e ao mesmo tempo na geração de Cultura Artística tanto para atores quanto para o público.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Selma Cravo, o teatro é considerado um programa cultural que além de educativo, proporciona inúmeros conhecimentos. Por isso a importância da apreciação e do incentivo por parte da SME.

A realização dos espetáculos contou com a montagem do diretor geral da Escola de Artes, Andrei Alberto Müzel, direção musical de Fabrício Fávaro, direção coreográfica de Fernanda Lahoud Dias e direção de produção de Rômulo Dias.

O Ponto de Cultura ‘Jovem Cultura em Ação’ é um projeto que oportuniza a formação artística de modo direto a adolescentes e jovens do município de Itapeva/SP.
O projeto, em seu terceiro ano, atende aproximadamente 100 alunos que recebem formação em canto, dança e teatro concebendo a linguagem do Teatro Musical. (Alene Santos, da Assessoria de Comunicação)

Compartilhar

Notícias relacionadas