Itapeva: Margarido questiona confecção de holerite

Requerimento do vereador Wilson Roberto Margarido (DEM) questiona o  Executivo municipal sobre qual a empresa que confecciona o holerite do funcionalismo municipal, bem como o valor contratado. Indagou também se houve processo licitatório para essa finalidade e solicitou  cópia do contrato.

Argumentou o vereador que tais informações são necessárias, para esclarecer dúvidas de funcionários públicos que querem saber a respeito. A reclamação se deve ao constante atraso na entrega dos holerites mensais.

DIRETORIA DA AFUPI – Margarido  indagou a Diretoria da AFUPI (Associação dos Funcionários Públicos Municipais de Itapeva) se há algum diretor remunerado pela Entidade ou que preste serviços junto a mesma.

Conforme explicou o vereador, associados da Entidade estão com várias dúvidas a respeito dessa questão e, portanto as informações são necessárias para os devidos esclarecimentos.

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS – Reivindicações do vereador Margarido ao Executivo Municipal é no sentido de providenciar operação tapa-buracos na Avenida Vaticano confluência com a Avenida Orestes Gonzaga – Norte Sul; em todas as ruas da Vila Ribas; na Rua Grécia, no Jardim América;  Rua João Benedito de Melo, no Jardim Grajaú.

Outro pedido do vereador Margarido refere-se à implantação de iluminação pública na Rua Benedito Camargo Margarido, esquina com a Rua Pedro Rodrigues Oliveira, no Jardim Grajaú.

Para o Jardim Bonfiglioli a solicitação que o vereador encaminhou à Telefônica trata da instalação de um telefone público. (orelhão).  A melhoria atende necessidade dos moradores no que se refere à comunicação. (Madalena Ferreira, da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Itapeva-SP)
 

Compartilhar

Notícias relacionadas