Itapeva presta homenagens no Dia Internacional da Mulher

Dia Iternacional da Mulher ItapevaDia Iternacional da Mulher Itapeva1Dia Iternacional da Mulher Itapeva3 Dia Iternacional da Mulher Itapeva8

Entrega de placas e flores, discursos emocionados, música, a presença de familiares e amigos contribuiu com o brilho  da Sessão Solene promovida pelo Legislativo Itapevense, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. 

 

Dia Iternacional da Mulher Itapeva5Dia Iternacional da Mulher Itapeva4Dia Iternacional da Mulher Itapeva6Dia Iternacional da Mulher Itapeva7Dia Iternacional da Mulher Itapeva9

Na quinta-feira, 08, a Câmara Municipal de Itapeva realizou a décima segunda Sessão Solene do Dia Internacional da Mulher . ocasião em que prestou homenagens a mulheres que se destacam em nossa comunidade. Presidida pelo vereador Paulo de la Rua Tarancón, a sessão foi abrilhantada pelos músicos Vinicius Chrischner, Gabriel Nicoletti e Keila Duarte Camargo Chrischner.

Além do Presidente fizeram parte da mesa dos trabalhos a vereadora Áurea Aparecida Rosa, prefeito Luis Cavani e sua esposa Sonia Cavani, o deputado estadual Dr. Ulysses Tassinari e a Secretária Municipal de Educação, Selma do Carmo Buhrer.

Ao abrir a Sessão Paulo de la Rua Agradeceu as autoridades que prestigiaram o evento de Itapeva e região, bem com aos familiares e amigos das homenageadas.  Fez um resumo sobre a origem do Dia da Mulher e salientou que como acontece  todos os anos, os vereadores tiveram a difícil missão de escolher algumas mulheres que se destacam em nossa comunidade para serem homenageadas e gostaria que, através delas, todas se sentissem aplaudidas e representadas nesta data.

HOMENAGEADAS – A primeira homenagem foi do vereador Ney Gonçalves, que  destacou o trabalho da Enfermeira Ana Paula Lagisck, que não pode comparecer, e foi representada pela agente de saúde Hilda Fernandes.
O vereador Paulo Tarzã homenageou a atriz Daniela de Oliveira. Por sua vez o vereador Wilson Roberto Margarido homenageou a professora Eliana Moreira de Melo Jesus. O vereador Eliel Ferreira entregou uma placa para a senhora Maria da Glória Almeida, representada no evento por sua irmã Maria Inês.

A Empresária e atual presidente da Associação Comercial de Itapeva foi homenageada pelo vereador Roberto Comeron;.  O vereador Paulo de la Rua,  homenageou a senhora Marly Aparecida Bertocco Tassinari. A homenagem da vereadora Áurea Aparecida Rosa, foi para a professora Mirtes Aparecida de Oliveira.

O vereador Oziel Pires entregou homenagem para a professora e atual Diretora do Ceapem Neusa Maria Mattos Almeida; a homenagem do vereador Marmo Fogaça para a professora aposentada Ruth Antunes Ribas Gemignani. A homenageada do vereador Júnior Guari foi a Escrevente de Cartório e Juíza de Paz, Sandra Mara de Almeida Genovezzi.

Na ocasião a senhora Nataline, integrante da Paróquia Piedade foi homenageada pelo grupo de jovens, que destacou seu trabalho junto à comunidade.

SAÚDE- Em seu pronunciamento em homenagem ao Dia da Mulher a vereadora Áurea citou o trabalho dos jovens da Paróquia  Piedade e destacou o tema da Campanha da Fraternidade deste ano que é sobre Saúde.  Lembrou que a saúde é um direito de todos e fez comentários sobre o grave problema das drogas, lembrando que essa é também uma questão de saúde pública. Segundo a vereadora é preciso trabalhar em cima de uma proposta de trazer para a região uma clínica com atendimento SUS para acolher e oferecer tratamento para pessoas viciadas.

EMOÇÃO – Um dos momentos mais emocionantes da sessão foi o discurso do deputado Dr. Ulysses. Iniciou saudando as homenageadas, “merecedoras do nosso carinho, respeito e admiração, pelas suas histórias e exemplos de vida. Mostram sua grandeza, fibra, fortaleza, determinação”. Depois de falar sobre a presença feminina que foi marcante na história da humanidade, citou alguns nomes: Maria, mãe de Jesus, Princesa Isabel, Joana D’Arc, Madre Tereza de Calcutá, Anita Garibaldi, entre outras. Lembrou a luta das mulheres para garantir seus direitos, principalmente no trabalho, pois hoje exercem todas as profissões. “Elas ocupam o espaço que lhes é merecido”.

Dr. Ulysses dirigiu-se a cada uma das homenageadas, destacando suas qualidades e virtudes, valorizando a atuação de cada uma e sua contribuição para com a sociedade. Declamou uma poesia que fala do amor, do carinho, da dedicação, da mulher em sua plenitude.

DEDICAÇÃO – O prefeito Luiz Cavani falou sobre a atuação das homenageadas, a dedicação de cada uma delas, a humildade, o amor a Deus, ao próximo, à família, aos mais necessitados. Lembrou que as mulheres já são maioria da população e que ocupam posições de destaque, merecendo o reconhecimento, que se materializa na homenagem prestada pela Câmara Municipal.

MAIS HOMENAGENS- O Legislativo Itapevense homenageou com vasos de flores a Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Sonia Cavani; a Secretária de Educação, Selma do Carmo Buhrer Cravo e a vereadora Áurea Aparecida Rosa. As flores foram entregues  pelas crianças Natália e Lívia.

QUEM SÃO ELAS – A enfermeira Ana Paula Lagisck nasceu em Presidente Prudente no dia 2 de novembro de 1982. Filha de Maria Aparecida e de Antônio mudou-se para Itapeva em 2007.
 
Formada na UNOESTE, de Presidente Prudente, tornou-se especialista em urgência e emergência e especialista em comportamento organizacional. Tem uma filha de dois anos, Ana Lara.
 
Trabalha desde os 13 anos, começando pela Guarda Mirim da sua cidade, depois vendedora de bolsas, auxiliar de dentista, secretária de escritório, porteira de clube, mascate, tudo para ajudar seus pais a arcarem com os custos da faculdade.
 
Depois de formada ficou um ano sem trabalho até que soube de um concurso, na sua área, que haveria em Itapeva. Veio para cá, sem conhecer ninguém, passou no concurso e começou a trabalhar no Centro de Saúde II Vila Aparecida, depois no PSF do Grajaú e no setor de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal.
 
Depois que Ana Lara nasceu,  Ana Paula foi trabalhar no Centro de Saúde I, também conhecido como “Postão” e dali surgiu a oportunidade de assumir a Central Reguladora de Itapeva e coordenar os serviços de urgência e emergência do município.
 
Daniela de Oliveira nasceu em Sorocaba no dia 16 de novembro de 1974 e teve os primeiros contatos com atividades artísticas aos cinco anos de idade. Aos 10 iniciou os primeiros trabalhos em Teatro, e aos 13 estreou seu primeiro espetáculo no Teatro Municipal de Sorocaba. Vida iniciada desde cedo na arte, fez parte do período de grande efervescência cultural de Sorocaba e realizou apresentações de vários textos clássicos da literatura em geral, tais como Chico Buarque, Plinio Marcos, Ésquilo, Monteiro Lobato, Artur Azevedo.
 
Em 1999 conheceu pessoal e profissionalmente Marcio Gouveia e ingressou na Cia de Artes “Sem limites”, realizando muitos outros trabalhos visando também à formação de plateia.
 
Em 2004 Daniela deu aula de teatro pela secretaria Municipal de Educação nas escolas do nosso município. Depois de 8 anos em nossa cidade, adotou Itapeva definitivamente em seu coração pelo muito que conquistou e pelo muito que ainda sabe que conquistará, graças a generosidade do nosso povo.

Hoje está vinculada ao colégio Monteiro Lobato, o Anglo de Itapeva, ministrando aulas de teatro para crianças da educação infantil e fundamental ll, realiza apresentações de teatro para todas as crianças das escolas municipais e estaduais, inclusive da zona rural, uma vez que esse público não possui acesso a movimentos culturais, levando a arte onde o povo está.
 
Eliana Moreira de Melo Jesus, filha de Hortêncio Rosa de Melo e de Catarina Moreira de Melo, nasceu em Itapeva no dia 18 de junho de 1967. Casada há 22 anos com Carlos Alberto Brisola de Jesus, tem com ele dois filhos: Rafaelle  e Guilherme.
 
Iniciou  sua carreira profissional há 25 anos, no Colégio Monteiro Lobato onde trabalhou de 1987 a 1990. Em 1991 ingressou na Escola Pica-Pau Amarelo, onde permaneceu até 1994. Em 1995 foi para o Colégio Leme, até que se efetivou como PEB I na rede municipal, no ano de 1999.
 
Prestou concurso público para Coordenador de Escola, assumindo o cargo em 2004. Dois anos depois passou a substituir a direção da escola onde atua até hoje, agora no cargo de diretora da EM Eliza de Barros Moraes. Além disso, é tutora da turma B do Curso de Pedagogia EAD Uniararas.
 
Juntamente com seu marido, faz parte da Pastoral Familiar da Comunidade Catedral de Sant’Ana, trabalhando em encontros de casais e ministrando palestras em cursos de noivos.
 
Maria da Glória Almeida nasceu em 9 de novembro de 1940. Casou-se com Pedro Sueiro de Almeida com quem teve 14 filhos: Ernestina, Hélio, Ana, Luiz, Maria Luiza, Roque, Adalto, Daniel, Celso, Antônio Carlos, Márcio, Andréia e Rodrigo. Tem 21 netos.
 
Pessoa honesta e de princípios, vinda de uma família humilde, de 12 irmãos, trabalhou como faxineira durante 8 meses com carteira assinada. Depois disso começou um trabalho voluntário como merendeira em sua própria casa, recebendo sempre com amor os alunos que iam buscar  o leite ou o macarrão para ser servido nos intervalos das aulas.
 
Algum tempo depois foi registrada como merendeira e continuou seu trabalho, sempre dedicada e com muito carinho. Teve sua merecida aposentaria ao completar 60 anos de idade e hoje vive no Distrito do Guarizinho, cuidando de sua família e recebendo com prazer e alegria os amigos que a procuram.
 
Magda de Souza Verneque nasceu em Itapeva no dia 13 de outubro de 1972.
 
Filha de Wilson Rodrigues Verneque e de Maria Elei de Souza são seus irmãos Michele, Wilson e Marli Aparecida.
 
Casou-se com Dimas Bueno com quem teve a filha Elisa Bueno.
 
Cursou o Ensino Fundamental e o Ensino Médio na Escola Estadual Otávio Ferrari e formou-se em Administração na FAIT, aqui em Itapeva.
 
Empresária, é proprietária da Verneque Auto Center e da L’Accqua de Fiori e acaba de tomar posse como presidente da Associação Comercial de Itapeva.
 
Filha de Marcelo Bertocco e Amália Righeti Bertocco, Marly Aparecida Bertocco Tassinari, nasceuem  São José do Rio Pardo em 1939, onde viveu até os 15 anos, quando sua família mudou para São Paulo, onde conheceu seu marido Dr. Ulysses e juntos decidiram aceitar um convite para residirem em Itapeva, para onde veio em 1967.
 
Mesmo com todas as responsabilidades com os filhos e a administração da casa, Marly participou de inúmeras atividades sociais e religiosas. Foi palestrante assídua do PLC (Preparação de Líderes Cristãos) e de encontro de casais e curso de noivos por vários anos, trabalhou no SOS, programa de ajuda assistencial a famílias necessitadas, foi professora de culinária para mulheres dessas famílias carentes, ministra da eucaristia e professora de catequese.
 
Atualmente mantém a função iniciada a alguns anos, de orientadora espiritual da Comunidade Terapêutica Mãe da Vida,  que tem dado suporte para muitas pessoas serem refeitas após devastadora dependência química. Atua também semanalmente na pastoral dos enfermos na Santa Casa de Misericórdia de Itapeva, levando alento e esperança aos fragilizados pela doença.
 
Leitora contumaz, dedicou-se amorosamente aos pais e dedica-se à toda a família com o mesmo amor que lhe permitiu gerar os quatro filhos: Ulysses, Maria Inês, Leonardo e Rodrigo.  E como avó? Podem saber: Gabriel, Lucas, Mateus e Frederico o prazer de sua disponibilidade sem reservas e do amor que brota em profusão.   
 
Mirtes Aparecida de Oliveira nasceu no dia 18 de dezembro de 1976. Filha de João Batista de Oliveira e de Maria Aparecida Lisboa dos Santos.
 
Há quinze anos dedica-se à educação, sendo cinco em sala de aula e dez entre coordenação, vice-direção e direção.
 
Atualmente atua na vice-direção da Escola Municipal Professor Hélio de Morais.
 
Neuza Maria Mattos Almeida, nasceu no dia 30 de agosto de 1962. Filha de Joaquim Mattos Salles e Waldice Therezinha Vasconcelos Mattos, é casada com Luiz Thadeu de Almeida e tem três filhos: Marcela, Juninho e Bruna.
 
Estudou na Escola Coronel Acácio Piedade e no Instituto de Educação Otávio Ferrari, habilitando-se para o Magistério.Em Itararé, formou-se em Pedagogia e em Itapetininga, em Supervisão Escolar. Fez o curso de pós-graduação em Psicopedagogia, pela Facinter.
 
Iniciou sua carreira como professora de magistério em Ribeirão Branco e Itapeva, entre os anos de 1986 e 1991. Também foi professora no CEFAM e, em 2002 foi aprovada no concurso para diretor de escola e, em 2003 para o cargo de professor coordenador do ensino fundamental.
 
Implantou na Secretaria Municipal de Educação de Itapeva o Serviço de Assistência Psicopedagógica na escola, projeto de sua autoria, visando a melhoria na qualidade de ensino.
 
Apresentou no II Congresso Brasileiro de Educação, na UFSCAR, em São Carlos e também na UNESP de Bauru o Programa Metamorfose: caminho para a inclusão de crianças com necessidades especiais, que tem como base a sua monografia de conclusão de curso.
 
Nos últimos anos proferiu palestras, participou de seminários, congressos, oficinas e foi aprovada para ingresso no curso de mestrado da Universidade Mackenzie, em São Paulo, na área de Educação: “Distúrbios do Desenvolvimento”.
 
Atualmente é diretora do CEAPEM, órgão de grande representatividade não apenas em Itapeva, mas em toda a região.
 
Ruth Antunes Ribas Gemignani, nasceu no dia 13 de fevereiro de 1928, filha de Durval Ribas e Aida Antunes Ribas. Neta do Coronel Toledo Ribas, é viúva de Armando Gemignani com quem teve 5 filhos: Rubens, Regina Célia, Rosemari, Roberto e Armando.
 
Cursou o primário na Escola Coronel Acácio Piedade e o ginásio no Instituto de Educação Otávio Ferrari, bem como o Curso Normal de Formação de Professor.
 
Lecionou a partir de 1947 no Bairro Itanguá, Araçaíba, Itaberá, Itaporanga, Iporanga, Capão Bonito, São Miguel Arcanjo, Ribeirão Branco, Bairro da Sambra e na Escola Coronel Acácio Piedade.
 
Em 1968 ingressou na Faculdade de Ciências Físicas e Biológicas em Avaré, onde cursou dois anos, concluindo em São Paulo. Na capital paulista a partir de 1971, lecionou na Escola Estadual Reducino de Oliveira Lara, até 1978, quando se aposentou.
 
Em 1976 prestou concurso para o Ensino Municipal em São Paulo e, em 1978 ingressou na Faculdade de Ciências e Letras de Ibirapuera, no curso de Pedagogia.
 
Ocupou diversos cargos no Ensino Municipal: auxiliar de direção, assistente de direção e algumas vezes diretora. Aposentou-se após 46 anos de trabalho como assistente de direção, em São Paulo.
 
Sandra Mara de Almeida Genovezzi, filha de Narciso Bueno de Almeida e Cinira Martins de Almeida, nascida em Itapeva, no dia 31 de julho de 1967, é casada com Renato Cesar Proença Genovezzi.
 
Mãe de três filhos: Renato Jr, Guilherme e Gustavo, formou-se professora, cursando o Magistério na Escola Otávio Ferrari e é bacharel em Direito, graduada na primeira turma do curso da FAIT.
 
Quando estudou o Magistério atuou como estagiária voluntária na Apae; posteriormente trabalhou em uma videolocadora; foi também recepcionista na Santa Casa de Misericórdia de Itapeva.
 
Atualmente desenvolve atividades como voluntária na área social e com casamentos comunitários.
Desde 1989, ou seja, há  vinte e três anos,  trabalha no Cartório de Registro Civil de Itapeva, onde é escrevente  e também Juíza de Paz, aquela que faz os casamentos.
(Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Itapeva).

Compartilhar

Notícias relacionadas