Itapeva recebe voluntários do Projeto Rondon

Coordenadores, secretários e voluntários do projetoAções envolvem a participação voluntária de universitários que atuarão junto às comunidades em diversos bairros do município – De 20 a 28 de julho a equipe do Projeto Rondon estará em Itapeva desenvolvendo diversas atividades nas áreas de saúde, educação, cultura e cidadania. Coordenado pelo engenheiro Antonio José Fontoura Bongiovanni, a

equipe é formada por professores e alunos da Faculdade de Medicina do ABC, PUC-Sorocaba, Universidade Mackenzie e Universidade Metodista de São Paulo.
   
Em Itapeva, as ações terão como foco desenvolver o acesso à informação, prevenção e promoção à saúde e educação, à cultura e às noções de cidadania para o desenvolvimento social da população de nosso município, estimulando a participação cidadã como estratégia de mudança e autonomia.
   
Dentre as diversas atividades estão programada: capacitação para Secretários em “Desenvolvimento Local Participativo e Metodologias Ativas”; capacitação para trabalhadores das áreas de Saúde, Ação e Defesa Social, Educação, Cultura, Esporte e Agricultura em “Drogas e Adolescência”; Saúde Bucal, Alimentação Saudável, Horta Medicinal e elaboração de Plano Diretor no Bairro do Jaó; Saúde do Idoso nos bairros do Jaó, Kantian e Vila Dignidade; Atividades com a Guarda Civil Municipal; formação dos conselheiros do Conselho da Cidade e imersão no Bairro do Kantian para levantamento das necessidades daquela população.
   
Segundo Antonio Bongiovanni, “o trabalho também tem por meta a formação de multiplicadores que permita a auto-organização e a valorização cultural, formando um mosaico de pessoas que acreditam e apostam no potencial humano, fomentando o exercício da cidadania”.
   
Para o secretário municipal de Coordenação e Planejamento de Itapeva, Marco André D´Oliveira, “a vinda da equipe do Projeto Rondon para Itapeva reforça a importância desta parceria que deve se consolidar ainda mais, além de permitir aos alunos das universidades participantes uma vivência em comunidades com características bem distintas que irá enriquecer a formação universitária destes jovens”.(Da Assessoria de imprensa da Prefeitura de Itapeva-SP)

Compartilhar

Notícias relacionadas