Itapeva recebeu Orquestra Bachiana do Sesi-SP

Depois de emocionar os americanos no Lincoln Center, em New York, a Orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP, com o maestro João Carlos Martins arrancou aplausos do público que lotou o Itapeva Clube na noite de segunda-feira, dia 04. Na primeira fila estava o secretário municipal de Cultura e Turismo de Itapeva, Davidson Panis Kaseker, autor da iniciativa de trazer o concerto para Itapeva.

No palco, o maestro João Carlos Martins, celebrado como um grande intérprete de Johann Sebastian Bach, anunciava sua intimidade com a plateia e, em cada peça, arrancava gritos de “bravo!” e sussurros dos amantes da música erudita. Um dos grandes momentos foi quando ele se sentou ao piano. João Carlos toca com dois ou três dedos da mão esquerda. Ele teve a mobilidade dessa mão prejudicada por um tumor (a direita ficou com movimentos limitados desde que sofreu uma lesão cerebral, provocada por uma pancada na cabeça durante um assalto).

João ainda apresentou o regente Sergei Eleazar de Carvalho, seu assistente e filho de Eleazar de Carvalho (1912-1996), maestro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) por 24 anos.

Foram executadas composições de Bach, Charles Gounod, Mozart, além de um arranjo do Hino Nacional em diferentes ritmos brasileiros. “Foi um espetáculo”, dizia o secretário Kaseker. A cada apresentação, o público colocava-se em pé para aplaudir. 

A recompensa pelo carinho veio no final do espetáculo, quando o maestro recebeu fãs como o prefeito Luiz Cavani e a mulher Sonia Cavani, além de várias outras personalidades itapevenses, para conversar e tirar fotos. “Ele é muito simpático”, definiu satisfeita dona Laurinda Braga, de 89 anos, depois de receber o abraço do mais famoso maestro brasileiro. (Juliana Oliveira, da Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Itapeva-SP)
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas