Itapeva terá refeitório e restaurante popular

A vereadora Áurea encaminhou pedido ao Executivo Municipal no sentido de agilizar a implantação do Restaurante Popular no município. Trata-se de um Programa do Ministério de Desenvolvimento Social, que vem sendo implantado em diversos municípios brasileiros.

Restaurantes Populares são Unidades de Alimentação e Nutrição destinadas ao preparo e à comercialização de refeições saudáveis, oferecidas a preços acessíveis à população, localizadas preferencialmente em grandes centros urbanos.  Itapeva será contemplada com uma  unidade e nesse sentido a vereadora Áurea Aparecida Rosa (PTB) pediu da municipalidade agilização na implantação do Refeitório e Restaurante Popular na cidade

Salientou a vereadora em seu pedido, que esse projeto social atenderá cerca de 200 pessoas por dia, que poderão adquirir sua refeição por apenas um real. A benfeitoria atenderá em especial a população de baixo poder aquisitivo, com uma refeição rica em nutrientes a custo acessível, frisou Áurea.

Além disso, será uma grande contribuição com os produtores rurais de Itapeva, que poderão comercializar seus produtos para uso no restaurante popular, além de ajudar o comércio local, com a geração de emprego e renda.

O público beneficiário dos restaurantes é formado por trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, moradores de rua e famílias em situação de risco de insegurança alimentar e nutricional.

O Ministério do Desenvolvimento Social apóia a instalação de Restaurantes Populares através do financiamento de projetos de construção, reforma e adaptação de instalações prediais, aquisição de equipamentos permanentes, móveis e utensílios novos.

LEI APROVADA PELA CÂMARA

No mês de julho de 2006 a Câmara Municipal aprovou projeto de lei de autoria da vereadora Áurea, que se transformou na Lei 2441/06, o qual autoriza o Executivo Municipal a criar o Restaurante Popular, destinado a propiciar à população carente, uma alimentação a preços acessíveis e com qualidade.

De acordo com a citada legislação, a  manipulação dos alimentos será feita por funcionários municipais em parceria com a Pastoral da Criança.

O Restaurante Popular ficará subordinado à Secretaria Municipal da Agricultura e Abastecimento e à Secretaria Municipal de Educação, que deverão acompanhar e elaborar o cardápio mensal. (Madalena Ferreira, da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Itapeva-sp)

 

Compartilhar

Notícias relacionadas