Itararé: idosa cai no “Golpe do bilhete premiado” e perde R$ 9.282,00

De acordo com informações da Guarda Civil Municipal, por volta das 11h10 do dia 15 passado, uma guarnição foi solicitada nas imediações da Rua Campos Sales esquina com a Cel. Frutuoso para atender um caso de estelionato. 

No local, uma senhora de 66 anos informou aos GCMs que havia sido vítima de um casal que a procurou com um bilhete premiado de loteria no valor de R$ 800.000.000,00, mas que só entregariam a ela o referido bilhete se obtivessem R$ 10.000,00 como garantia.

Diante da proposta tentadora, a senhora foi em duas agências bancárias da cidade, sacou a quantia de R$9.282,00 e a entregou ao casal, e este entregou o tal bilhete premiado. Ao conferir, foi informada que o referido não era premiado. Só então ela percebeu que tinha caído no famoso conto do bilhete premiado.

Com a descrição feita pela vítima das características da dupla, os GCMs saíram em buscas pela região central da cidade, porém, nenhum do casal foi encontrado

Diante disso, a vítima foi encaminhada à Delegacia de Polícia para o registro da ocorrência.

Como é o golpe

Normalmente uma ou mais pessoas desconhecidas, mal vestidas, demonstrando muita simplicidade, dizendo não saberem ler e nem escrever procuram uma pessoa de posse (previamente indicada por informante). Chegam para essa pessoa e mostrando o tal bilhete pedem ajuda para sacar o dinheiro porque eles, por serem analfabetos, não podem retirar. E propõem dividir a bolada com a pessoa. Assim que a vítima percebe que seria um bom negócio ajudá-los, os autores impõe a condição de antes receberem uma certa quantia, como garantia. E é exatamente aí que o ambicioso(a) cai no conto.

Compartilhar

Notícias relacionadas