Itararé lança projeto de Núcleo Ambiental Educacional

A Prefeitura Municipal de Itararé, através da Secretaria de Habitação e Meio Ambiente lança nesta sexta-feira, 3,  às 16h na Câmara Municipal, o projeto “Núcleo Ambiental de Itararé”.


O projeto  é uma iniciativa integrada do Ministério Público de Itararé, Prefeitura Municipal e da iniciativa privada na pessoa do Sr. Cyro Rezende Maschieto.

Segundo o Secretário Municipal de Habitação e Meio Ambiente, Luis Vieira Rossi , “este projeto visa a readequação do viveiro localizado no município, objetivando a produção de mudas em quantidade e qualidade para atender as necessidades locais de recuperação de áreas degradadas; arborização de ruas; implantação e/ou revitalização de parques, praças e jardins; realização de atividades associadas a educação ambiental; proporcionar lazer e recreação; apresentar exemplos concretos de ações em benefício do meio ambiente e garantir um acervo permanente de espécies nativas da região”.
 
A área deste “Núcleo Ambiental de Itararé”, é de 11,8 hectares e a população diretamente envolvida no projeto será de crianças em idade escolar do ensino fundamental e médio; estudantes de cursos técnicos, universitários, ONG’s e voluntários; empresários individuais, sociedades empresariais; produtores rurais; munícipes e visitantes da região.
 
O coordenador de Meio Ambiente, Osvaldo da Silva Junior disse que este “Núcleo Ambiental” tem uma projeção para produzir 30 mil mudas ano de árvores de pequeno porte; espécies arbustivas, nativas e exóticas; forrageiras/herbáceas, nativas e exóticas para paisagismo urbano; além de espécies nativas de médio porte para arborização urbana.

A infraestrutura do “Núcleo Ambiental Educacional de Itararé” prevê a construção de uma portaria com guarita, almoxarifado,estacionamento, anfiteatro, biblioteca, trilha ecológica e um projeto de paisagismo com lago para peixes e um playground para as crianças.
“Este projeto é algo inovador em Itararé e por que não dizer na região, e estará contribuindo muito para a educação ambiental de crianças e jovens que serão os adultos de amanhã com uma mentalidade voltada para a preservação. Além disso, estará ajudando na urbanização de nossa cidade e na recomposição da vegetação em diversos pontos de nosso município”, concluiu Rossi. (Com o site da PMI)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas